Escolha uma Página
Saiba como se proteger de ataques de phishing na clínica

Saiba como se proteger de ataques de phishing na clínica

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

 

A evolução da internet permitiu diversas oportunidades de fazer sua clínica ser conhecida no mundo virtual, disponibilizando ferramentas de marketing, gestão e outros recursos que ajudam a manter o seu negócio funcionando. Mas também ampliou espaço para invasões de hacker, vírus e ataques de phishing.

Porém, é possível se proteger contra todas as ameaças cibernéticas, investindo em segurança da informação. Assim, você garante que os dados dos seus pacientes, funcionários e outras informações fiquem protegidos, melhorando a qualidade dos seus atendimentos e ganhando reconhecimento no mercado.

Para que você possa entender mais sobre o assunto, abaixo vamos mostrar como você pode se proteger contra ameaças virtuais no mundo atual. Confira!

 

 

O que são ataques de phishing?

 

O termo vem da palavra em inglês fishing, que significa pescar. Assim, ataque phishing é quando um hacker invade o seu dispositivo eletrônico, seja um notebook, tablet ou celular, para obter informações pessoais.

 

Quando sua clínica é invadida, acaba expondo tantos os dados do seu consultório quanto os dados dos seus pacientes. Isso pode ocasionar sérios problemas, fazendo com que sua marca perca credibilidade no mercado.

 

Além disso, os pacientes passam a não confiar no seu trabalho, procurando por outras clínicas concorrentes. Você também pode acarretar problemas judiciais, já que exposição dos pacientes pode gerar processos.

 

Os hackers podem obter informações sobre dados pessoais, como endereço, telefone e CPF. No entanto, geralmente esses invasores estão em busca de senhas, número de cartão de crédito e dados financeiros.

 

Por isso, é extremamente importante contar com um suporte que garanta a segurança de todos os documentos.

 

Como acontece o ataque?

 

A maioria desses ataques ocorre por meio de um e-mail recebido, onde o hacker se passa por um paciente ou fornecedor e envia um determinado vírus anexado com link ou arquivo de download.

 

Assim, a pessoa abre o e-mail e clica no link ou baixa o conteúdo, fazendo com que a máquina se infecte com o vírus, abrindo as portas para o invasor. Com isso, fica fácil que ele obtenha os acessos que deseja.

 

Qual a importância da segurança da informação para evitar esses ataques?

 

Qualquer consultório deve preservar os dados dos pacientes, por isso, quando você investe na segurança da informação, permite oferecer um serviço com mais qualidade, garantindo o resguardo dos documentos de todos.

 

No entanto, é importante contar com ferramentas digitais atualizadas. Sendo assim, há muitos softwares de gestão que além de ajudarem a gerenciar o negócio, também colaboram com a proteção das informações contra-ataques virtuais.

 

Banner ControleODONTO - Melhor Software de Gestão Odontológica

 

Como se proteger contra hackers?

 

Existem algumas medidas que podem ajudar você a proteger mais sua clínica, contribuindo para que nenhuma informação seja revelada.

 

Faça backup

 

O primeiro passo para proteger arquivos e documentos é fazer backup deles. Isso porque além de evitar a perda de dados devido a alguma falha no sistema, também impede ataques cibernéticos.

 

O backup é um recurso que faz cópias dos arquivos, fazendo a recuperação dos mesmos quando há alguma perda de dados. Para que ele funcione corretamente, é importante que ele esteja configurado com os servidores. Além disso, você deve criar uma rotina automatizada para que todas as informações sejam sempre validadas.

 

Você também deve sempre trocar as senhas de acesso, passando os novos caracteres apenas para os profissionais que estejam envolvidos com o tratamento dos pacientes. Com isso fica mais difícil invasores conseguirem acesso ao seu computador.

 

Realiza atualizações do sistema e das ferramentas

 

Outro ponto muito importante, é manter o seu sistema operacional e suas ferramentas de gestão sempre atualizadas com a nova versão.

 

Programas e sistemas desatualizados geram brechas para que hackers consiga invadir a máquina.

 

É um ciclo: o invasor cria programas que conseguem quebrar a segurança dos softwares e os desenvolvedores constroem novas atualizações que geram bloqueios ainda mais eficazes.

 

Ou seja, os especialistas observam as falhas e criam recursos mais sofisticados, impedindo que pessoas consigam acessar seus dispositivos eletrônicos.

 

Estabeleça um programa de política de segurança da informação

 

Quando você cria um programa de política focado na segurança da informação, com normas e regras que consistem em ajudar profissionais da clínica a se inteirarem com as medidas de proteção, acabam desenvolvendo um sistema eficiente contra-ataques de phishing.

 

O objetivo deve ser de conscientizar seus colaboradores sobre os riscos de invasões virtuais e como essas ameaças colocam em risco o consultório e seus pacientes.

 

Se sua clínica conta com vários profissionais e especializações, tendo grande fluxo de pessoas e serviços, então é uma boa ideia adquirir uma equipe de técnicos de TI focada apenas nessas medidas de segurança.

 

Desconfie dos e-mails recebidos

 

Uma dica bem simples, mas muito eficaz é desconfiar dos e-mails, especialmente de pessoas desconhecidas. Muitas vezes o hacker faz alterações sutis no endereço de e-mail, sendo quase imperceptíveis, como usar “co” ao invés de “com”.

 

Você ainda pode usar uma política que rejeite automaticamente domínios com menos de 10 dias no mercado, já que atualmente muitos phishers têm utilizado domínios registrados.

 

Por que investir em ferramentas para combater ameaças virtuais?

 

Um software de gestão é muito adequado para quem busca manter uma boa saúde dos negócios, melhorando a qualidade dos serviços e o atendimento aos pacientes.

 

Contudo, esses programas também permitem que você tenha uma medida de segurança mais qualificada. Um recurso muito interessante é que o software possibilita que você crie diferentes níveis de acesso. Ou seja, limita a entrada de pessoas dentro do sistema, mantendo as informações acessíveis apenas para os profissionais que necessitam dos dados para realizar o atendimento.

 

Você deve escolher um programa de gestão qualificado para setor da saúde que garanta todas as formas de proteção, contando com uma equipe que esteja disposta a ajudar, em caso de dúvidas.

 

Os ataques de phishing são muito comuns em consultórios que não adotam a segurança da informação. Por isso, proteja seus pacientes e seu negócio, investindo nas ferramentas certas. 

 

Quer conhecer mais sobre a segurança de dados para seu consultório? Então, leia agora mesmo o nosso artigo “Lei Geral de Proteção de Dados: como sua clínica pode se adaptar“.

 

 

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos.
Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala.
Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos!
Estamos te esperando!

6 dicas para empreender com sucesso na área saúde

6 dicas para empreender com sucesso na área saúde

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Podemos dizer que o Brasil é um país empreendedor. Segundo dados publicados pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM), cerca de 52 milhões de brasileiros tem seu próprio negócio.

A saúde é uma área que sempre está em alta. Afinal, todos sempre estão precisando de algum serviço relacionado a esse nicho do mercado.

Entretanto, é preciso dizer que empreender não é uma tarefa simples. Montar um negócio requer planejamento, estudo e trabalho duro.

Além disso, a resiliência é indispensável para a sobrevivência de qualquer empreendimento em um mercado competitivo. Mesmo quando se trata de uma necessidade básica da sociedade, como a saúde.

Por isso, separamos algumas dicas para te ajudar a se aventurar no mundo dos negócios.

1.Planeje

De nada adianta ter uma grande ideia e dinheiro no bolso se o negócio não é bem planejado. Afinal de contas, é impossível chegar a um destino sem sabermos qual é o caminho até ele.

Imagine o que seria de uma embarcação se o seu capitão não tivesse em mãos o mapa e um plano de navegação. Ela certamente iria naufragar ou se perder no mar, não é mesmo?

Com um negócio funciona da mesma forma. Por isso, antes de qualquer coisa, estabeleca sua metas, trace estratégias para cumpri-las e conheça os pontos fortes e fracos da sua empresa.

Banner - WhatsApp ControleODONTO

 

 

 

 

 

 

2.Conheça o mercado

Estudar o mercado faz parte do planejamento e é tão importante que merece ser destacado em um tópico.

Isso porque, quando um gestor não conhece intimamente as especificidades do seu nicho de atuação é como se ele estivesse andando no escuro.

Ao aprofundar seus conhecimentos na área você se destaca em meio à concorrência, pois será capaz de identificar as necessidades do seu público e pensar em maneiras de inovar.

Durante os estudos se pergunte o que você pode fazer de diferente e localize as lacunas no mercado que podem ser preenchidas.

Exemplificando

Para esclarecer melhor esse tópico vale um exemplo:

Imagine que você acabou de montar a sua empresa de convênios odontológicos, mas se dá conta que a concorrência é muito grande. Por isso, recorre aos conhecimento que adquiriu quando estava estudando essa área.

Então, você percebe que apostar no convênio odontológico empresarial é uma boa saída, pois é um nicho que está em expansão e que ainda é pouco explorado.

3 . Aprenda sobre gestão

Muitos empreendedores do ramo da saúde são profissionais com experiência na área, mas não propriamente gestores. Esse é o caso de dentistas, farmacêuticos, esteticistas, entre outros.

Para começar um negócio não basta ter afinidade ou experiência na área, é fundamental que você saiba como lidar com questões administrativas, estratégicas e logísticas.

Sendo assim, faça cursos e consuma muitos materiais informativos sobre gestão empresarial. É possível, também, contar com serviços de consultoria.

4. Estude sobre marketing e vendas

Você pode até contratar um profissional ou agência especializado nessa área, entretanto, é importante que você saiba como vender o seu serviço ou produto.

Isso porque, saber como destacar a sua empresa no mercado e como se comunicar com o seu público-alvo é um dos fatores que determinarão o sucesso dos negócios.

Por meio de uma plano de marketing bem estruturado você conseguirá atrair mais clientes, fornecedores e até parceiros para investir no seu trabalho.

5.Criar para otimizar

Essa dica é muito simples, mas faz toda a diferença no decorrer do seu trabalho. Muitas pessoas acabam fracassando nos negócios porque acreditam que devem colocar no mercado um produto ou serviço perfeito, ou seja, que esteja pronto.

Entretanto, não é assim que funciona. Ainda que você planeje tudo nos mínimos detalhes e estude muito sobre o mercado, você só saberá o que funciona e o que não funciona quando começar a trabalhar.

Por isso, coloque a sua ideia em prática lançando uma versão mais simples do seu produto ou serviço. Assim, você conseguirá ver se a sua ideia é realmente interessante e poderá otimizá-la até chegar à todo o seu potencial.

De volta ao exemplo

Vamos voltar ao exemplo do plano odontológico:

Depois que você colocou o seu plano dental empresarial no mercado, os resultados não estavam sendo muito satisfatórios. Isso porque, as empresas médias, que são o seu público-alvo, não estão achando sua proposta atrativa.

Com uma rápida pesquisa por plano odontológico empresarial preços você percebeu que as facilidade oferecidas por você não se encaixam com a faixa de preço desempenhada pelas concorrentes.

Por isso, você resolveu criar diversas opções de planos empresariais para atender diferentes demandas. E sua nova estratégia funcionou!

6. Conheça as regulamentações do ramo da saúde

Lembra quando dissemos que para empreender é essencial conhecer o mercado? Bom, quando se trata do ramo da saúde existem algumas particularidades nas quais você precisa ficar atento para não burlar as leis.

Para se ter uma ideia, para abrir um consultório, clínica ou hospital é preciso, além das licenças usuais, manipular equipamentos médicos de acordo com a regulamentação do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Alguns profissionais, como médicos e dentistas, precisam seguir os Códigos de Ética de seus respectivos órgãos regulamentadores.

Além disso, os Códigos de Ética também determinam como o marketing da saúde deve ser feito.

É proibido, por exemplo, utilizar linguagens sensacionalistas e se autopromover por meio de divulgações nos meios físicos e digitais.

Mão na massa!

Depois da leitura deste conteúdo você já está quase pronto para colocar suas ideias em prática. Empreender requer um estudo aprofundado, portanto, busque conhecimentos em livros, cursos e não exite em buscar a ajuda de outros empreendedores para se inspirar e aprender o caminho das pedras.

Texto produzido por Estela Lima, redatora da empresa Ideal Odonto.

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos.
Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala.
Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos!
Estamos te esperando!

Como fazer uma boa Anamnese Médica e o que você deve analisar? Entenda!

Como fazer uma boa Anamnese Médica e o que você deve analisar? Entenda!

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Para que uma clínica de saúde possa ter sucesso no mercado e se tornar importante para os pacientes, é preciso oferecer um serviço com qualidade. É por isso que a anamnese é fundamental para qualquer clínica, já que se trata de um procedimento que ajuda a estabelecer um diagnóstico mais preciso sobre as condições de saúde dos pacientes.

Contudo, para você entender melhor o que é anamnese, abaixo vamos mostrar como você pode usufruir dessa ferramenta para melhorar a qualidade do seu atendimento.

Confira!

O que é anamnese médica?

Anamnese é quando você cria um histórico com todos os sintomas relatados pelo seu paciente. Com isso, você deixa todas as informações sobre o caso clínico anotadas, em forma de um lembrete. Para fazer essas anotações, é importante ouvir o paciente, submetendo-o a um questionário que ajudará a entender melhor o caso e ter um diagnóstico mais acertado.

Assim, ela se torna parte essencial dos exames clínicos, já que ajuda a identificar a patologia, traçar os motivos da doença e escolher o melhor tratamento possível. É um modo de auxiliar no diagnóstico. Por isso, é um procedimento que deve ser utilizado em outras áreas da saúde, como odontologia, psiquiatria e farmacologia.

Qual a importância da anamnese?

A anamnese médica permite que o profissional tenha todas as informações importantes sobre a vida do paciente, a fim de determinar o que acontece com a sua saúde. Por exemplo, uma possível lesão na coluna pode ser diagnosticada ao saber do dia a dia do paciente.

Entretanto, não é só para determinar uma lesão que a anamnese serve, ela também ajuda a detectar possíveis doenças e as causas. Além disso, fica mais fácil optar por um tratamento mais adequado. Claro que é preciso realizar exames físicos e laboratoriais (caso seja necessário) para chegar a conclusões mais precisas. Contudo, sem uma anamnese, o resultado pode não ser tão satisfatório e seu atendimento ao paciente não será completo.

Banner - WhatsApp ControleODONTO

Como fazer uma anamnese e o que você deve analisar?

Essa técnica deve ser feita pelo médico, sendo baseada em conhecimento científico. A abordagem é feita diretamente com o paciente, adquirindo respostas por meio de perguntas.

Assim, no primeiro momento deve:

  • obter a identificação do paciente, como nome, dados pessoais e endereço;
  • observar a queixa principal, se é alguma dor, desconforto, febre, enfim, o sintoma principal;
  • analisar o histórico de doenças atuais, caso o paciente já tenha recebido algum diagnóstico. Além disso, é importante ter o histórico familiar, já que muitas doenças são hereditárias;
  • obter histórico de patologia pregressa, pessoal e social;
  • adquirir uma revisão de sistemas.

Contudo, além dessas informações, é preciso ter dados mais concretos e avaliar o próprio comportamento da pessoa. Para que sua anamnese seja a melhor possível, você deve seguir alguns passos.

Cheque os parâmetros clínicos

Você deve começar a investigação pelos parâmetros vitais. Ou seja, o primeiro passo é medir a pressão arterial, avaliar os reflexos naturais, observar a temperatura do corpo e a glicemia. Depois de ter esses dados, pergunte ao paciente se ele sente alguma dor ou incômodo. Com essas informações, será mais fácil verificar os sintomas relatados, o tempo de sinais e se estão conectados com algum acontecimento.

Veja a linguagem corporal

Nem sempre o paciente consegue explicar todos os sintomas, por isso, é importante que você esteja atento ao que ele demonstra de forma não verbal. Assim, veja os gestos e atitudes que ele manifesta na consulta, como forma de andar, movimentos do rosto e inquietação. Alguns dos sinais mais comuns, que podem chamar atenção quando o paciente omite fatos ou apresenta doenças psíquicas, são: desvio do olhar, movimentos repetitivos e braço cruzados. Então, tenha sempre atenção!

Investigue o histórico

Mesmo que seja algo que muitos médicos fazem, observar o histórico do paciente deve ser algo mais aprofundado, pois com a anamnese é possível que o diagnóstico mude. Dessa forma, é importante investigar o histórico do paciente e da família, uso de remédios, doenças, cirurgias feitas e reações alérgicas sobre medicamentos. Com isso, você conseguirá determinar o que pode ser prescrito e o que deve ser evitado para que não haja prejuízos à saúde do paciente.

Compartilhe a anamnese

Se você tem uma clínica com vários especialistas e muito dos profissionais farão parte da equipe de tratamento do paciente, então é essencial que você compartilhe informações. Todos os envolvidos devem estar a par sobre as condições do paciente para chegar a um diagnóstico preciso. Você também pode compartilhar com outros profissionais para receber respostas que ajudarão no tratamento do paciente.

Crie um diagnóstico com calma

Mesmo que seu dia esteja corrido e você tenha muitos pacientes para atender, é importante ter calma na hora de coletar os dados. Também, é necessário realizar o diagnóstico sem pressa, usando o raciocínio clínico com apoio no conhecimento científico atual. Você deve analisar os dados e o comportamento do paciente em cada etapa com cautela, para depois chegar a uma resposta e repetir o processo caso ainda reste alguma dúvida.

Mostre o resultado ao paciente

O paciente deve ter acesso às informações que você coletou, assim como ao diagnóstico e a possíveis tratamentos. Por isso, compartilhe os resultados, além de ser um direito do paciente, ele poderá ajudar a preencher as lacunas que faltam. Mantenha uma conversa fraca e sincera com seu paciente, mas sem deixar de lado o respeito e a compaixão com sua dor. Lembre-se de que o atendimento humanizado deve prevalecer.

Você deve esclarecer as dúvidas que surgirem e, se necessário, solicitar novos exames para que a investigação seja mais conclusiva. No entanto, se o diagnóstico for instantâneo, dê as orientações ao paciente sobre quais são os próximos passos, relatando os tratamentos a serem realizados e medicamentos que serão utilizados. Assim, agora que você já sabe o que é anamnese, pode incluir essa ferramenta de análise na sua clínica e oferecer um serviço mais qualificado a todos os seus pacientes.

Se você já usa a anamnese na sua clínica, compartilhe suas experiências conosco, deixando o seu comentário abaixo!

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!
Você sabe o que é patient experience? Confira!

Você sabe o que é patient experience? Confira!

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Toda empresa se preocupa com a relação com os clientes e uma clínica de saúde não deve ser diferente. Cuidar do paciente vai além de oferecer serviços e tratamentos específicos, é preciso oferecer um comprometimento com sua saúde, apostando no bom relacionamento que pode existir entre sua equipe e ele. Isso é o que chamamos de patient experience.

Para que você possa promover bem-estar, conforto e satisfação para aqueles que procuram a sua clínica, é importante entender o que é patient experience para avaliar se realmente seus pacientes estão tendo às necessidades atendidas.

Por isso, abaixo vamos mostrar como a experiência do paciente deve ser primordial e como aplicar os passos na sua clínica, mantendo um bom funcionamento do seu negócio.

O que é patient experience?

Patient experience, no português “experiência do paciente”, nada mais é que oferecer um serviço que integra qualidade, segurança, custo e resultados assistenciais.

Quando uma pessoa procura ajuda em um consultório de saúde, já está com o emocional abalado, pois isso significa que algo em seu organismo não está funcionando como deveria.

Por isso, é comum o paciente apresentar mais fragilidade na hora de realizar uma consulta. Assim, a clínica deve sempre tratar a pessoa com atenção e cuidado, proporcionando uma experiência menos traumática possível, respeitando a sua dor e avaliando o que ele precisa.

Por definição, patient experience engloba diversas interações entre o consultório, seus profissionais e os pacientes. Você precisa garantir que todos os cuidados com a saúde sejam eficientes e com a máxima qualidade, como:

  • agendamento de consulta rápida e antecipadas;
  • acesso às informações relevantes aos dados, tratamentos e profissionais envolvidos;
  • comunicação clara e precisa sobre suas condições;
  • tempo de espera confortável e acelerada;
  • segurança e discrição no atendimento.

Qual a diferença entre patient experience e satisfação do paciente?

É comum muitos profissionais da saúde acharem que experiência do paciente é a mesma coisa que satisfação do paciente, mas não é.

Para avaliar a patient experience, é necessário compreender e perceber se tudo que envolve o atendimento ao paciente está acontecendo conforme suas necessidades.

Ou seja, permite que tanto a pessoa a ser atendida quanto seus familiares definam o real valor dos cuidados oferecidos, fazendo com que a sua clínica direcione os esforços no que importa para eles e não apenas no problema envolvido com a saúde.

Já a satisfação do paciente está envolvida mais com as expectativas do paciente. Duas pessoas com o mesmo diagnóstico podem ter expectativas diferenciadas, fazendo com que suas satisfações também sejam distintas.

Por exemplo, dois pacientes com o mesmo problema procuram sua clínica para o tratamento adequado. Enquanto um espera pelo atendimento rápido, preciso e direto ao ponto, o outro pode espera que o atendimento seja com mais cautela e delicadeza.

A forma com que eles serão consultados influencia diretamente na sua satisfação.

Banner - WhatsApp ControleODONTO

Como aplicar a patient experience na clínica?

Todos os profissionais que prestam serviço no seu consultório devem trabalhar unidos para criar uma boa relação com o paciente e seus familiares. É preciso focar no que realmente importa aos atendidos e nos cuidados que poderão ser entregues.

Para fortalecer a experiência do paciente, você deve implementar alguns passos, trazendo um diferencial para o seu próprio negócio.

Faça com que o paciente seja compreendido

 É importante que você entenda que seus pacientes tenham todas suas dúvidas sanadas.

Mas para fazer isso é fundamental ter calma, atender de forma tranquila, mantendo uma comunicação de maneira clara e com uma linguagem que ele mesmo possa entender de forma simples.

Além disso, é interessante documentar tudo o que foi passado ao paciente e tudo que ele disse, mantendo a segurança das informações. Por isso, um software de gestão é um bom investimento, já que protege e salva os dados em um ambiente virtual, livre de riscos de perda.

Tenha uma conversa aberta e franca

Mesmo que paciente esteja sofrendo devido à sua condição de saúde, ele precisa entender o que se passa e quais são os procedimentos mais promissores para tratá-lo.

Assim, seja sempre fraco, falando sobre tudo o que está acontecendo, mas lembre-se de manter uma comunicação tranquila, passando segurança a ele.

Faça com que seu paciente se sinta seguro

A primeira coisa que um paciente avalia na hora de procurar por uma clínica é a qualidade dos serviços e para que isso aconteça ele deve ser ouvido.

Por isso, mantenha os olhos e ouvidos abertos, transmitindo ao paciente que você é um profissional qualificado e confiável, com isso, ele estará mais disposto a falar sobre qualquer coisa, facilitando, inclusive, a sua gestão de atendimento.

Interprete as demandas tanto do paciente quanto das pessoas que o acompanha

É importante ouvir e atender às necessidades do paciente, mas também é essencial que você tenha esses mesmos cuidados com aqueles que o acompanha, pois é preciso que todos os envolvidos estejam a par da situação.

Você deve ter a mesma postura com todos, respeitando, a cultura, crenças e valores pessoais de cada um.

Veja o cuidador como um aliado

Se seu paciente usa os serviços de um cuidador particular, então olhe ele como um forte aliado, pois esse profissional ajudará a manter o tratamento do paciente como deve ser feito.

Transmita todas as informações importantes a ele e todos os passos que devem ser seguidos para ajudar o seu trabalho, dando mais conforto e segurança ao paciente.

Tenha empatia verdadeira

Nada adianta atender bem o paciente, ouvir suas necessidades, sem que haja respeito à sua dor. Então, tenha uma empatia real com aquilo que ele está falando. Se coloque no lugar do paciente. Você e sua equipe precisam identificar o que a pessoa está sentindo, tendo compaixão ao seu sofrimento e promover o atendimento humanizado.

Como avaliar a patiente experience?

Para avaliar se sua clínica está atendendo todas as exigências da patiente experience, focando realmente nos pacientes, é fundamental ouvir as pessoas.

Sendo assim, converse com os pacientes, aplique uma pesquisa de satisfação e observe o comportamento deles para verificar se todas as demandas estão sendo atendidas e se o paciente está tendo todas suas necessidades supridas.

A patiente experience é uma maneira de você oferecer o melhor serviço aos pacientes, ganhando um diferencial. Você ainda poderá gerar satisfação e fidelidade às pessoas que procuram por sua clínica.

Gostou do nosso artigo? Deixe seu comentário falando sobre o que você faz para promover a experiência do paciente.

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!
Como manter a segurança na sua clínica durante a pandemia?

Como manter a segurança na sua clínica durante a pandemia?

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Em meados de Março/2020 o país começou a sentir os impactos da doença que ficou conhecida por COVID-19, com o isolamento social a população precisou se adaptar a uma nova rotina que trouxe consequências na saúde de muitas pessoas. Além de novos hábitos que se tornaram obrigatório.

Muitos serviços, shows, eventos e empresas foram temporariamente fechados e adiados por questão de segurança da saúde pública. 

Inclusive, consultórios e clínicas passaram a funcionar apenas para casos de emergência, como forma de proteção para os pacientes e também dos profissionais que ficam expostos. 

Existem algumas recomendações gerais que todos devem seguir, como: lavar bem as mãos com água e sabão sempre que tocar em alguma superfície não esterilizada, e quando não puder lavar, usar álcool gel, evitar sair de casa sendo somente em casos urgentes e nesses casos usar máscaras. 

Mas quando se trata de profissionais de linha de frente, seguir essas recomendações é ainda mais importante, pois estão expostos diariamente a um grande risco. 

Sendo profissional da área da saúde os cuidados devem dobrar mais uma vez, pois estes são expostos ao contato com áreas de grande contágio.

No caso do profissional odontológico, por tratar diretamente da principal fonte de transmissão, para manter sua clínica em atendimento deve seguir alguns cuidados específicos, além de evitar procedimentos estéticos, como para colocar lente de contato

Mas como devem se prevenir e a seus pacientes?

Biossegurança: como se prevenir no Covid-19

Para garantir a segurança dos cirurgiões-dentista, auxiliares e técnicos de saúde bucal e, claro, seus pacientes, o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo produziu um manual de biossegurança.

A principal recomendação é que seja evitado ao máximo as visitas a clínicas, sendo apenas para casos extremos como tratamento de canal ou então tratamentos que já estejam em andamento que não podem ser interrompidos como os casos de aparelhos ortodônticos, como um paciente que use o aparelho invisível.

Pensando nesses casos, o documento promove higienização e proteção para prevenir infecções durante o atendimento.

Para isso é preciso lembrar que mesmo que contaminados o paciente pode ser sintomáticos e mesmo assim conter elevada carga viral nas vias bucais, por isso é necessário realizar todos os atendimentos considerando que o paciente possa estar contaminado e seguir todas as orientações. 

1- Higienize sua mãos

Essa está entre as orientações genéricas, mas para vale ressaltar novamente aqui. O profissional de saúde bucal já precisa ter as mãos sempre higienizadas, mas neste momento isso é necessário com ainda mais frequência e atenção. 

  • Antes de entrar em contato com o paciente
  • Antes de realizar qualquer procedimento 
  • Após exposição de saliva ou sangue
  • Após atendimento ao sair da sala
  • Antes e depois de contato com paciente ou qualquer superfície não esterilizada

Banner - WhatsApp ControleODONTO

2- Converse com seus pacientes

Sabe aquele contato rotineiro para confirmar o agendamento dos pacientes? Agora você vai acrescentar mais uma pergunta nesse contato. 

A primeira coisa a se fazer ao chegar na sua clínica odontológica é conferir como está a saúde de todos os pacientes agendados para o dia, ou seja, certificar-se se possui algum sintoma da doença, sendo elas: gripe, tosse, coriza, espirros, falta de ar ou febre.

Se eu paciente contém algum desses sintomas é recomendado desmarcar a consulta por hora e instruí-lo a procurar atendimento médico.

3- Não permita a entrada na sua clínica sem o uso de máscara

Assim como em todos os estabelecimentos no momento, deve orientar todos seus pacientes a usar máscara ao entrar e tirá-la apenas durante o atendimento. 

As orientações do CROSP nesse caso, é que a máscara seja guardada em um saco descartável no momento do atendimento e ao finalizar já colocá-la novamente e jogar o saco no lixo.

Além disso, oriente seu paciente a não levar nada além do essencial,inclusive, não deve mexer em nada que possa conter vírus dentro da sala de atendimento, como celular, carteira, fones de ouvido, etc. 

4- Evite aglomeração

O atendimento deve ser individual, apenas o paciente deve entrar na sala e em caso de paciente que seja menor de idade, deve vir apenas ele e um responsável, que deve aguardar na recepção. 

Também é necessário organizar sua agenda, para que os horários sejam espaçados o suficiente para que tenha tempo de higienizar todo a clínica após o atendimento. E claro, evitar que haja fila de espera na recepção, então considere os possíveis atrasos. 

5- Disponibilize bochechos

Antes de iniciar o atendimento, você pode disponibilizar uma solução de bochecho para os seus pacientes, assim é possível diminuir a carga de microbiana na cavidade bucal e garante maior segurança para você. 

6- Procedimentos internos

É recomendado que todos os profissionais presentes devem usar aventais, gorros, óculos de proteção, viseiras, luvas e respirador PFF-2/N95 para prevenção de contaminação dos pacientes.

Além de ser essencial levar a sério a higienização de toda a superfície do clínica após cada atendimento.

Essas recomendações são necessárias para garantir a segurança e bem estar tanto dos pacientes quanto dos profissionais, então o quanto for possível minimizar o risco de transmissão, melhor será para a qualidade do serviço e da proteção do ambiente. 

Como o Marketing Digital pode ajudar?

Inserir as técnicas de marketing digital e de conteúdo garantem o crescimento do seu negócio e também a interação com seus pacientes e novos leads. 

Então aproveite suas redes sociais para divulgar a agenda e restrições que está seguindo, as orientações e cuidados do manual de biossegurança e também pode aproveitar para desenvolver conteúdos educativos.

Pode confirmar o que seu público-alvo está buscando para desenvolver conteúdo sobre isso, por exemplo, se estão buscando por “tratamento de canal preço” pode desenvolver uma pauta referente a como é esse procedimento e direcionar para um orçamento. 

Você pode fazer isso por meio de lives, bate papo e publicações para esclarecer as dúvidas mais frequentes, para isso você pode usar ferramentas como: redes sociais, e-mail marketing, anúncios, etc.

Mesmo com o isolamento o mercado continua evoluindo e exigindo inovação, então nesse momento você deve seguir as orientações para garantir a segurança sem deixar de lado seu negócio. 

Afinal, em casos de emergência seus pacientes dependem de você, então esteja preparado para ajudá-los sem arriscar sua saúde e nem a deles. 

Conteúdo produzido por Giulia Vaz, redatora na empresa Clínica Ideal

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!
Aprenda como medir o retorno sobre investimento de uma clínica!

Aprenda como medir o retorno sobre investimento de uma clínica!

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

A implementação de um estabelecimento de saúde exige um planejamento financeiro adequado à realidade em que ele está inserido. Até porque, sem um detalhamento prévio do aporte necessário, ou seja, do valor a ser investido e também dos gastos, fica difícil saber se o negócio é vantajoso e terá chances de se tornar promissor.

Nesse sentido, é importante avaliar o possível retorno sobre investimento desse empreendimento. Afinal, além do tradicional capital de giro, que é responsável por financiar materiais para a manutenção do negócio, também é essencial analisar as despesas, como o marketing e a remuneração de colaboradores. Tudo isso serve para se chegar ao valor potencial de lucratividade desse negócio.

Quer saber como investir corretamente e ter sucesso com a sua clínica? Este artigo vai apresentar o conceito de ROI, a sua importância e as principais características dessa métrica financeira tão importante para o cálculo do retorno sobre investimento. Acompanhe a leitura!

O que é o ROI para clínicas?

O ROI é a sigla para a expressão em inglês “Return On Investment”. Trata-se de uma métrica que ajuda a entender com mais detalhes o andamento financeiro da clínica, ou seja, se o negócio está apresentando lucro e se o investimento inicial que foi realizado está sendo devidamente recompensado — o cálculo demonstra os valores que a empresa ganhou ou perdeu em relação à quantia que foi aplicada.

Nesse sentido, o ROI é uma estratégia fundamental. Não se deve investir em várias ações sem ter, pelo menos, uma prévia de qual será o retorno sobre o investimento de cada esforço diante de seu orçamento.

Esse indicador financeiro tem a capacidade de mensurar o retorno que uma determinada ação vem trazendo bons ganhos para a receita final da clínica (campanha de marketing ou instalação de um software, por exemplo). Essa métrica é bem simples e eficiente e pode ser calculada com periodicidade de forma a saber se o estabelecimento de saúde está ganhando ou perdendo valores.

Banner - WhatsApp ControleODONTO

Como calcular o retorno sobre investimento?

O cálculo básico para se chegar ao ROI de clínicas consiste na seguinte fórmula:

ROI = (ganhos captados — investimento inicial) / investimento inicial

O cálculo é simples. Basta fazer a subtração dos ganhos pelo valor do total do investimento inicial realizado e, então, dividir essa quantia pelo número que foi encontrado e também pela quantia correspondente ao investimento inicial.

Nesse sentido, o investimento inicial consiste em toda a quantia que foi injetada no negócio, como compras de materiais e ferramentas de saúde, equipamentos para exames médicos, salário dos funcionários, decoração, pintura etc. Portanto, o ganho obtido corresponde aos lucros. É importante que os valores que são utilizados para o cálculo do ROI sejam os mais coerentes, completos e próximos possíveis à realidade da clínica.

Da mesma forma, é importante estabelecer a frequência com que essa métrica que mede o retorno sobre investimento será calculada. A periodicidade também influencia os resultados e tem influência direta sobre o planejamento e a estipulação de metas.

Exemplo de como calcular o Retorno sobre Investimento

Veja um exemplo para que você consiga entender melhor como funciona esse cálculo. Se o gestor aplicou uma quantia de R$ 200 mil na instalação e montagem da clínica e obteve o valor de R$ 600 mil de lucro durante 6 meses, isso significa que ele teve um ROI correspondente a 2 — o equivalente a 200% de lucro. Primordialmente, isso significa que a instituição médica conseguiu render 2 vezes mais sobre todo o valor que foi necessário para o seu funcionamento.

Confira abaixo a seguinte equação:

ROI = (600.000 — 200.000) / 200.000

ROI = 2

Desse modo, ao conhecer o retorno sobre o investimento aplicado, fica mais fácil definir se a clínica está conseguindo ter um bom desempenho e também a lucratividade esperada.

Por que é importante calcular o ROI de uma clínica?

O ROI é uma estratégia que auxilia muito os gestores a obter sucesso na saúde financeira da clínica. Graças ao resultado desse indicador é possível saber se as ações adotadas estão surtindo os resultados desejados e se o dinheiro está entrando no negócio, conforme o esperado. Da mesma forma, ele é importante para evitar a ocorrência de erros que podem prejudicar o orçamento como um todo.

Todavia, o ideal é que esse cálculo seja feito de tempos em tempos — semanalmente, mensalmente, de 3 em 3 meses e por aí vai. Na verdade, a frequência vai depender da estratégia escolhida pelos gestores.

Por isso, é importante documentar todas as operações financeiras que vão acontecendo durante todo o período. Esses dados devem ser armazenados em um ambiente único e organizados por data para facilitar os cálculos e, assim, ter um controle mais exato em cima das finanças e sobre as movimentações financeiras.

Portanto, oriente os colaboradores a guardar todos os recibos, notas fiscais, folhas de pagamento de empregados, boletos e demais documentos que comprovem os gastos despendidos e os investimentos realizados — tanto aqueles que apresentam pequenos valores quanto os mais altos.

Quais são os benefícios de calcular o ROI?

Conheça as principais vantagens que o cálculo ROI traz para as clínicas:

  • prioriza os projetos mais rentáveis e com potencial de lucro;
  • proporciona uma visão mais ampla e sistêmica de toda a empresa;
  • simplifica o levantamento dos dados;
  • permite a tomada de decisões mais acertadas e de forma mais rápida;
  • justifica os investimentos que são realizados;
  • dribla eventual burocracia para captar recursos.

O retorno sobre investimento é uma métrica obtida periodicamente que ajuda a conhecer, de forma mais precisa, os lucros de um empreendimento. Portanto, o ideal é contar com o auxílio de um bom software especializado no cálculo do ROI de empresas. Esse mecanismo automatizado tem a capacidade de auxiliar na medição do ROI, ajudando a obter valores com mais precisão e segurança.

Quer saber como calcular o retorno sobre investimento e conseguir bons resultados na sua clínica? Podemos ajudar você. Somos uma empresa que oferece o software de gestão clínica (SAAS). Trata-se de um mecanismo criado para facilitar e automatizar a administração de clínicas odontológicas e clínicas médicas, tanto na parte financeira como administrativa. Então, entre em contato com a gente!

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!

Atendimento e comunicação com o paciente

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

PREENCHA AS INFORMAÇÕES ABAIXO

Os dados são necessários para você receber as informações de acesso à plataforma.

Os Dados para acesso foram enviados para seu E-mail

Tudo que você precisa saber sobre a ISO 9001

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Tudo o que você precisa saber para otimizar as rotinas administrativas em uma clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Como fidelizar pacientes em clínicas e consultórios odontológicos

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Software de gestão para consultórios

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Guia de gestão financeira da sua clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Guia completo para organizar o consultório odontológico

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Vantagens das mensagens de SMS para uma clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Normas e documentações que precisam estar em dia na sua clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

O que sua clínica precisa entender sobre convênio médico

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Guia para transformar seu consultório em clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Presença digital para clínicas e consultórios

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Guia para você profissionalizar a sua clínica odontológica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Orçamento para clínicas e clínicas e consultórios

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Gestão da Qualidade em Clínicas Odontológicas: O guia completo

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Passo a passo para implementação de marketing de conteúdo para clínicas

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

 

You have Successfully Subscribed!