Escolha uma Página
Saiba como aplicar uma estratégia de marketing digital para dentistas!

Saiba como aplicar uma estratégia de marketing digital para dentistas!

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Com a transformação digital e o mercado cada vez mais competitivo, buscar alternativas para se destacar e para melhorar o relacionamento com os clientes se tornou fundamental. Assim como em qualquer outra profissão, o dentista enfrenta desafios no seu mercado de trabalho.

Além das questões associadas à profissão, como a necessidade de especialização constante e atualização, ainda há a preocupação de atrair mais pacientes para sua clínica odontológiao e, claro, manter por perto os atuais clientes.

Uma ótima solução para isso é investir em estratégias de marketing digital para dentistas, que permitem ampliar o alcance das suas ações e proporcionam melhores resultados ao negócio. No entanto, trata-se de um processo que exige estudo e planejamento, sempre buscando conhecer o público e suas necessidades. 

Quer saber como aplicar uma estratégia de marketing digital para dentistas? Acompanhe nosso post e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

Como adotar uma estratégia de marketing digital para dentistas?

Atualmente, o marketing digital tem se destacado como um tipo de ciência responsável por conhecer o comportamento dos consumidores e conciliar suas expectativas às necessidades do negócio. O marketing para dentistas, em especial, aproveita o grande potencial que a internet traz para se comunicar com os pacientes.

A seguir, confira algumas dicas para estruturar uma estratégia sólida de marketing digital na sua clínica odontológica! 

Tenha um site diferenciado e com identidade visual

Podemos dizer que o site é o principal recurso do marketing digital e o melhor caminho para conquistar mais pacientes para sua clínica. Isso porque a maioria das pessoas faz pesquisas na internet antes de realizar um procedimento odontológico. Então, a melhor maneira que você tem de aparecer é por meio de um site e um blog otimizado para os mecanismos de busca.

De modo geral, eles transmitem sua proposta de valor e informações relevantes, como tipos de procedimentos que a clínica realiza, endereço e formas de contato. Além disso, é possível publicar conteúdos informativos, a partir de um texto conciso, com layout simples e lógico. É importante que as imagens sejam consistentes e transmitam um aspecto visual exclusivo.

Banner - WhatsApp ControleODONTO

Ofereça conteúdos personalizados

O marketing de conteúdo é uma ferramenta poderosa para tornar a clínica odontológica conhecida, além de criar uma boa reputação, conquistar novos clientes e fidelizar os atuais. Ao oferecer conteúdos personalizados sobre a odontologia, você agrega valor à sua clínica, ganha destaque e garante a confiabilidade dos pacientes. Por isso, invista em conteúdos inovadores do seu ramo de atuação, que proporcionem uma leitura informativa e, ao mesmo tempo, prazerosa. 

Desenvolva os canais de comunicação

Uma das formas mais clássicas e eficazes de fazer propaganda e divulgação é o antigo “boca a boca”, ou seja, o ato de indicar um determinado produto ou serviço por meio da comunicação verbal. No entanto, com as novas tecnologias, os profissionais precisaram aplicar estratégias mais acertadas de posicionamento, como os diversos canais de comunicação.

Esteja presente nas redes sociais

Sem dúvida, atualmente, as redes sociais são os canais de comunicação e divulgação de conteúdo que mais se destacam. Afinal, por meio delas, é possível se relacionar diretamente com os pacientes e usuários interessados no seu serviço.

Por isso, é importante estar presente nesse meio. Além disso, o e-mail marketing é outra ferramenta essencial para manter o relacionamento com os clientes, mediante o envio frequente de conteúdos e novidades de interesse dos pacientes. É o que conhecemos como nutrição de leads.

Utilize métricas de avaliação

Além das estratégias de marketing odontológico, também é importante segmentar o seu público-alvo, para conhecer o que os atrai e motiva. Para isso, o ideal é utilizar métricas de avaliação, como faixa etária, nível de escolaridade, horário de maior visualização, interesses e linguagem apropriada para se comunicar com esse público.

O SEO, por exemplo, é um conjunto de estratégias criado para potencializar o posicionamento do seu site nas páginas de resultados dos buscadores. Com ele, é possível aplicar essas práticas no conteúdo do seu blog de odontologia e gerar mais conversões.

O que é permitido na publicidade odontológica?

Com relação à publicidade na odontologia, é necessário tomar alguns cuidados, pois existe uma série de restrições que devem ser respeitadas. O Código de Ética Odontológico determina algumas regras com relação à divulgação de anúncios, propagandas e publicidades.

Primeiramente, é importante listar os requisitos obrigatórios para esse meio:

  • nome do profissional;
  • número de inscrição da pessoa física ou jurídica (no caso de pessoa jurídica, deve informar o número de inscrição do responsável técnico);
  • nome representativo da profissão de dentista, assim como demais especialidades.

Dentre as principais infrações éticas, destacam-se:

  • realizar publicidade e propaganda enganosa, abusiva, com divulgação de preços e formas de pagamento, ou outras modalidades que impliquem comercialização das práticas odontológicas;
  • anunciar ou divulgar técnicas e terapias de tratamento que não estejam devidamente comprovadas cientificamente, bem como instalações e equipamentos que não tenham registro válido pelos órgãos responsáveis;
  • criticar métodos utilizados por outros profissionais como sendo inadequados ou ultrapassados;
  • oferecer consulta, diagnóstico, prescrição de tratamento ou divulgar resultados clínicos por meio de qualquer ferramenta de comunicação;
  • expor benefícios de tratamento na modalidade “antes” e “depois”;
  • divulgar nome, endereço ou qualquer outro elemento que identifique o paciente, a não ser com seu consentimento livre e esclarecido;
  • oferecer serviços gratuitos.

A divulgação dos serviços odontológicos é limitada por regras muito específicas. Portanto, tome cuidado ao escolher as estratégias de marketing que serão utilizadas e o conteúdo que será publicado, sob pena de infração ética perante o conselho profissional.

Quais são as vantagens da estratégia de marketing digital para dentistas ?

Como você pôde perceber, a estratégia de marketing digital para dentistas oferece inúmeras vantagens. Como ele realiza a segmentação do seu público, é possível saber exatamente como captar novos pacientes. Ou seja, as ações de marketing apresentam maior probabilidade de impacto pela mídia.

Além disso, costuma ser muito mais barato que o marketing tradicional, por isso, possibilita economia de tempo e de dinheiro aos profissionais. Uma vantagem que aumenta significativamente a produtividade da clínica odontológica, permitindo uma melhor qualidade de trabalho para o dentista e sua equipe.

Por fim, as estratégias de marketing digital para dentistas os tornam autoridades e referências no setor, garantem diferenciação competitiva e melhoram o ranqueamento do site, o que aumenta a reputação nos diferentes canais online. Por isso, é preciso trabalhar cuidadosamente. Não se esqueça de buscar especialistas para ajudar com imagens e com a geração de conteúdo no blog e, claro, para manter tudo isso atualizado.

Gostou do nosso conteúdo? Então, aproveite para conhecer nossos serviços especializados em softwares para gestão de clínicas odontológicas. Entre em contato agora mesmo!

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!
O que considerar ao escolher materiais odontológicos?

O que considerar ao escolher materiais odontológicos?

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Existem instrumentos odontológicos que são indispensáveis para os consultórios dos dentistas. Cada item precisa ser de qualidade para atender as necessidades dos pacientes com eficiência. Inegavelmente, os equipamentos são responsáveis pela otimização do tempo, redução da carga de trabalho, economia de dinheiro pela ausência de retrabalho e pelo reconhecimento do profissional no mercado.

Neste post, vamos mostrar como deve ser feita a escolha dos materiais odontológicos para a sua clínica e explicar quais materiais odontológicos de qualidade são essenciais para uma entrega segura e de qualidade no serviço. Além disso, falar sobre a importância de escolher bem os equipamentos e de cuidar da gestão de estoque que contenha itens de qualidade.

Gostaria de saber mais sobre materiais odontológicos? Acompanhe a leitura!

Quais são os materiais odontológicos essenciais para a qualidade do serviço?

Os materiais odontológicos de qualidade são essenciais para uma entrega segura e de qualidade no serviço, por isso é importante escolher bem os equipamentos. Eles devem ser escolhidos conforme a especialidade do dentista: estética, ortodontia, endodontia ou implantodontia. Alguns equipamentos básicos são descartados após o atendimento dos pacientes para garantir a saúde e a segurança do ambiente.

No caso da clínica geral, um dos materiais mais utilizados é a autoclave que esteriliza os instrumentos de metal, canetas de alta rotação, vidro, papel, plástico, tecido, algodão e embalagens, por meio de vapor e da alta pressão. Enquanto, o compressor odontológico fornece ar comprimido para o jato de profilaxia, sugador e micromotor.

O conjunto odontológico é composto por mocho, refletor, suctora, mesa do equipo, pedal de comando e cadeira. A cadeira deve ser funcional, confortável, ter braços anatômicos e estofamento sem costuras. Além disso, o pedal de comando pode ser multifuncional ou funcional, com ajuste de inclinação e de altura da cadeira. Veja a seguir outros equipamentos e materiais necessários para prestar serviços de qualidade:

  • bandejas;
  • lâmpadas LED ou halógenas;
  • aparelho de raio X;
  • materiais para restaurações, tratamento de cáries, coroas;
  • cimento;
  • adesivos;
  • fotopolimerizador.

Também é utilizado gel clareador, resina composta, brocas rotacionadas por motores, lima, guta-percha, reembasador, alginato, entre outros. O tipo de material utilizado para os tratamentos é diferente conforme cada caso específico. Os materiais usados para a colocação de aparelhos fixos e móveis é diverso daqueles que são utilizados para um implante, por exemplo.

Já os materiais descartáveis são os mesmos para todos os consultórios e desse modo precisam estar sempre guardados no estoque, tais como: gaze, algodão, abaixador de língua, seringa, luva e máscara, fios de sutura, agulhas gengivais, fitas de autoclave, sugadores plásticos, lâminas de bisturi etc. Esses normalmente fazem parte da rotina do dentista de sucesso e devem ser de marcas certificadas.

Banner - WhatsApp ControleODONTO

Qual é a importância de escolher bem os equipamentos?

As certificações e a tecnologia trazem inúmeros benefícios aos profissionais desse ramo. Já estão disponíveis aparelhos que trabalham integrados, que ajudam a otimizar a gestão do tempo e garantem mais qualidade nos tratamentos. Eles auxiliam no crescimento dos profissionais mantendo os pacientes satisfeitos e aumentando a capacidade de atendimento do consultório. Confira abaixo outras vantagens de escolher bem os equipamentos!

Credibilidade do fornecedor

O fornecedor é responsável em parte pelo sucesso do consultório odontológico. É ele quem faz as entregas em dia e mantém as clínicas funcionando. Em síntese, analise a credibilidade do fornecedor, verifique como é o relacionamento dele com outros dentistas antes de fazer as compras. Por certo, pergunte aos colegas de profissão como é o pós-venda dos fornecedores.

Avalie se o fornecedor costuma oferecer garantias, tem materiais à pronta entrega e cumpre os prazos para não comprometer os seus serviços. Na hora de escolher instrumentos odontológicos, observe a reputação da empresa no mercado. Não pense somente no custo, mas reflita sobre a evolução tecnológica da marca para adquirir equipamentos atualizados. O avanço tecnológico influencia na capacidade de acerto dos tratamentos.

Suporte oferecido

O suporte é primordial para o bom funcionamento do consultório. O dentista pode necessitar de esclarecimentos sobre novos produtos e a ajuda deve ser oferecida pelo fornecedor. Faça uma pesquisa de satisfação para saber como funciona o suporte de uma empresa antes de fechar a compra dos materiais. Os atendentes precisam demonstrar conhecimento quando questionados sobre um material ou aparelho e oferecer atendimento humanizado.

Equilíbrio entre preço e qualidade

A qualidade dos serviços de odontologia não é uma opção, ela é obrigatória para o profissional que deseja obter credibilidade e superar a concorrência. Você deve buscar marcas reconhecidas e entender como os itens funcionam durante os tratamentos. Primordialmente, não adquira produtos que não sejam certificados pelo cumprimento das normas de qualidade da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Antes de investir em aparelhos mais caros faça uma avaliação das marcas e dos benefícios que elas oferecem. Portanto, crie uma planilha para avaliar o custo/benefício ofertado por cada empresa, insira o nome do fornecedor, a reputação, os produtos que ela disponibiliza, as vantagens e o preço dos itens desejados. Escolha aqueles que são mais vantajosos para o consultório e para os pacientes.

Aspectos como garantia e manutenção

Os instrumentos odontológicos têm tempo de garantia e período de manutenção indicados pelo fabricante. Em suma, veja esses detalhes quando for efetuar a compra para ter os cuidados especiais e manter os aparelhos intactos e sempre prontos para uso. Então, a garantia do fornecedor normalmente coincide com a de fábrica, ela assegura a qualidade e vida útil dos produtos.

Canais e modalidades de aquisição

Acesse a Internet e faça uma pesquisa sobre as lojas online existentes. Por meio do site, identifique os canais de atendimento dos fornecedores: telefones, e-mails, redes sociais, chat, WhatsApp, Messenger, Skype etc. Decerto, analise também os meios de pagamento: depósito bancário, transferência, boleto, cartão de crédito. Escolha a alternativa que tenha agilidade em retornar o atendimento solicitado nos canais digitais e que se encaixe nas suas necessidades.

Enfim, agora você já sabe o que considerar ao escolher materiais odontológicos! Em seguida, busque referências de outros profissionais para garantir a melhor tomada de decisão na aquisição dos itens para o seu consultório. As ferramentas certas são decisivas para a realização de serviços de qualidade. Portanto, escolha-os com cautela para que durem mais!

Ainda tem dúvidas sobre materiais odontológicos? Deixe aqui o seu comentário que em breve entraremos em contato.

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!
Google Meu Negócio: saiba como cadastrar sua clínica

Google Meu Negócio: saiba como cadastrar sua clínica

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Os negócios precisam estar visíveis na Internet para facilitar a publicidade e chamar a atenção do público-alvo. Uma das maneiras de fazer isso é por meio do cadastro no Meu Negócio do Google como parte da sua estratégia para alcançar novos pacientes. Assim, quando alguém digitar o seu nome no Google, o localizador de endereços vai mostrar os seus dados comerciais.

Neste post vamos explicar como funciona o Google Meu Negócio e para que ele serve nos dias atuais. Além disso, vamos mostrar cadastrar a sua clínica e falar por que é importante fazer esse cadastramento para atrair mais pacientes e aumentar a visibilidade. Aqui, você vai encontrar dicas para inserir todos os detalhes do seu empreendimento.

Gostaria de saber como é o funcionamento dessa ferramenta do Google? Prossiga!

Entenda como funciona o Google Meu Negócio

A ferramenta foi desenvolvida pelo Google para auxiliar os empreendedores a atrair potenciais consumidores e a fazer propaganda. É um espaço virtual para proprietários de negócios que desejam divulgar o estabelecimento comercial de forma gratuita para que ele seja encontrado nos resultados das pesquisas encontrados pelos motores de busca. Trata-se de um serviço muito importante para fortalecer as relações de consumo.

O Google Meu Negócio permite a inclusão das informações relevantes das empresas para que o público consiga encontrá-las de modo que o marketing de relacionamento seja iniciado. Na plataforma você consegue incluir as imagens das estruturas físicas, o horário de funcionamento e a localização geográfica. Ela funciona como uma lista telefônica das clínicas que são localizados pelas palavras inseridas pelos pacientes no site de pesquisas.

Depois de encontrar a clínica procurada no smartphone, aparecem os dados do telefone e a opção de ligar na ficha de informações. Basta tocar nela e o aparelho faz a chamada para o número indicado na tela. Também é possível encontrar as avaliações e os comentários de outros pacientes que frequentam a clínica.

Banner - WhatsApp ControleODONTO

Compreenda para que serve o Google Meu Negócio

Esse é o maior canal de divulgação disponível na Rede Mundial de Computadores. Portanto, é uma ótima oportunidade para registrar as informações do seu negócio para que ele apareça na localização do Google Maps. Esses dados podem ser compartilhados com mais facilidade e o trajeto para chegar no endereço aparece detalhadamente.

O paciente visualiza o horário de funcionamento e consegue confirmar se o estabelecimento está aberto em determinado dia da semana ou feriado. Por outro lado, ele ainda pode visitar o seu site se ele for indicado no Google Meu Negócio. Por isso, não se esqueça de informar o site, as redes sociais e todas as informações relevantes.

Descubra como se cadastrar no Google Meu Negócio

Para aproveitar as vantagens da ferramenta é necessário cadastrar a sua clínica na plataforma e criar uma conta vinculada a um e-mail de acesso pelo Google. Sendo assim, é aconselhável que você crie um Gmail para fazer o procedimento. Veja a seguir as dicas essenciais para fazer o seu cadastro no Google Meu Negócio!

Faça o cadastro

O primeiro passo é entrar no site do Google Meu Negócio e clicar em “Gerenciar Agora”. O processo de cadastramento é muito fácil e intuitivo. Faça o login por meio do seu Gmail e aguarde o redirecionamento automático. Depois disso, você vai começar a preencher as informações complementares e a incluir fotografias. 

Insira fotos bonitas

Elabore uma breve descrição da sua clínica. A seguir, faça a inclusão de fotos da fachada e da parte externa do estabelecimento para facilitar a localização. Não se esqueça de inserir fotos da parte interna, da recepção, da sala de espera e da clínica Desse modo, o paciente se sentirá mais atraído a fazer uma visita.

As fotos precisam ser bem focadas e apresentar informações importantes, por isso, tire fotografias dos pontos fortes da sua clínica. Faça o mesmo em relação aos seus serviços ou produtos, e se for possível, contrate um fotógrafo que trabalhe com books comerciais. Caso contrário, observe as fichas de outras clínicas e veja tutoriais no YouTube para ter noção do que pode apresentar.

Após a inserção das fotos, nomeie-as com palavras chaves que são usados para buscar os resultados nos motores de buscas. Em cada fotografia coloque uma nomeação diferente para facilitar a localização pelos pacientes. É interessante fazer um álbum da sua clínica e usar o segmento como referência para nomear as imagens.

Inclua as especialidades atendidas

Para adicionar a sua clínica é necessário localizá-la no mapa e selecionar a categoria do seu empreendimento com todos os dados relacionados. Você precisa confirmar a sua autorização depois de verificar se todas as informações estão certas para obter a permissão para o gerenciamento da conta.

Por isso não se esqueça de marcar a caixa de autorização e continuar. Insira ainda todas as suas especialidades, informando os detalhes dos procedimentos que realiza no menu de Serviços. Nesse espaço fale sobre as suas habilidades, formação, especializações, ramo de atuação, entre outros.

Informe o endereço completo

O endereço do Google Meu Negócio pode ser confirmado por meio de uma correspondência que vem pelos Correios com um código de confirmação ou pelo número do aparelho celular em alguns casos. Confira qual é a sua opção e se for preciso, aguarde o retorno da Google Inc. A correspondência com o código de verificação chegará em até 15 dias. Ao receber o código, acesse o seu painel de controle no site e clique em “Confirmar Agora”.

Registre o horário de atendimento

É crucial inserir os dias e horários de atendimento aos seus pacientes além de investir na gestão do tempo. Essa atitude vai proporcionar a aproximação dos usuários pelos dados geográficos e pela implementação de outras estratégias relevantes. Quando eles fizerem a pesquisa no Google, vão visualizar a sua clínica e as clínicas concorrentes.

Confira a importância de se cadastrar no Google Meu Negócio

A visibilidade da sua clínica, a canalização do interesse dos seus potenciais pacientes e a gestão de atendimento são essenciais para a sua manutenção no mercado atual que é altamente competitivo. O Google Meu Negócio vai auxiliar as pessoas que têm a intenção de entrar em contato com um profissional da sua área e já estão dispostos a escolher uma das alternativas expostas no site.

Enfim, agora você já sabe como fazer o cadastro do Meu Negócio no Google. Esse programa aceita receber notas dos usuários e registra comentários que posicionam a sua clínica nas buscas. As informações lançadas no Google podem ser alteradas por meio de um aplicativo que pode ser baixando no seu celular. Mantenha os dados atualizados para ganhar a confiança do público.

Gostou do conteúdo? Então, confira as 10 estratégias de marketing de relacionamento para clínicas!

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!
Lei Geral de Proteção de Dados: como sua clínica pode se adaptar?

Lei Geral de Proteção de Dados: como sua clínica pode se adaptar?

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Vivemos em uma época interconectada e com uma fonte volumosa de dados transitando a todo momento. O palco principal em que ocorre esse processo é exatamente a internet, a rede mundial de computadores. Todo esse intenso fluxo de informações traz diversas melhorias para empresas que analisam hábitos de consumo e pontos-chave do perfil de seus clientes.

Entretanto, é fundamental ter muita atenção e cautela com o uso de dados e informações confidenciais. A Lei Geral de Proteção de Dados foi promulgada exatamente para regular o acesso e análise dessas informações pessoais. Portanto, garantir mais segurança aos usuários de redes sociais é fundamental para uma boa harmonia e respeito dos limites individuais.

O que é a Lei Geral de Proteção de Dados?

Logo acima citamos um pouco mais da aprovação dessa lei que visa garantir a integridade e preservação das informações pessoais transitadas em redes sociais e redes de busca. A Lei 13.709 é uma legislação nacional criada para determinar o que acontece e como é feito o tratamento dos mais diversos dados coletados no ambiente virtual. Essa legislação começou inicialmente com um projeto de lei denominado PL 53/2018, que posteriormente evoluiu e foi aprovado pelo Senado Federal em 10 de julho do ano de 2018.

Posteriormente, ele foi sancionado pelo Presidente da República na data de 14 de julho do mesmo ano. Um ponto importante é que a Lei Geral de Proteção de Dados permitiu que o Brasil passasse a fazer parte de um grupo de vários países que se reuniram para regulamentar o uso de dados dos seus cidadãos. Para ilustrar um pouco mais sobre essa ligação, todos os países integrantes da União Europeia e o Estado da Califórnia, nos Estados Unidos, são membros desse conselho.

Sobre a Regulamentação

A regulamentação é algo de suma importância para garantir mais transparência nos processos e evitar uso indevido de informações que são pessoais. Uma conquista, por exemplo, é o fato de que o titular das informações tem o direito de saber o que será feito com seus dados, retificar e se opor a determinados eventos. 

Além disso, há uma outra gama de informações que são conhecidas por serem mais sensíveis. Dessa forma, elas precisam ainda mais de um tratamento diferenciado e voltado para a preservação da confidencialidade desses dados. São exemplos do que foi dito acima a posição política, religiosa, vida sexual, biometria e condições de saúde.

Outra grande conquista advinda da promulgação da Lei Geral de Proteção de Dados é a criação de um órgão fiscalizador: a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANDP). Ele será responsável por fiscalizar os setores públicos e privados, exercendo de fato os preceitos da lei.

Então, agora que você sabe um pouco mais sobre a importância e aplicação dessa lei, vamos listar algumas dicas para que a sua clínica esteja em conformidade a essa legislação.

ASSINATURA DIGITALIZADA - BANNER BLOG

Conheça as regras

Saber muito bem quais são as regras é o ponto inicial para que o dono de uma clínica não sofra penalidades e sanções. Inegavelmente, todos os pontos que devem ser evitados e qual a conduta empresarial a ser tomada frente aos dados dos clientes, estão disponíveis no próprio texto-base da Lei Geral de Proteção de Dados.

Realizar uma leitura criteriosa e anotar os pontos mais presentes na sua clínica ajuda muito a evitar problemas futuros. Portanto, não se esqueça de sempre consultar e ter cautela ao realizar o uso de informações pessoais. Não se esqueça disso!

Gerencie os dados

O gerenciamento dos dados é fundamental para traçar estratégias de crescimento e prospecção de clientes. Uma forma de evitar que as informações sejam utilizadas de forma indevida é por meio do gerenciamento profissional dos dados. 

Por isso, é preciso contar com bons softwares de gestão, um ERP, por exemplo, e verificar os logins de acesso. Isso ajuda muito a restringir quais os profissionais da sua clínica podem ter acesso a essas informações, evitando o uso indevido e extravios.

Invista na proteção de dados

Todo empreendedor deve compreender que os dados de clientes são um ativo muito importante para o negócio. Assim, a proteção é uma forma de transparecer zelo e cuidado com as informações que são confiadas à empresa e ao mesmo tempo impedir que sejam perdidas. 

De fato, opções como o uso de armazenamento na nuvem trazem mais segurança e facilita a gestão dos dados, além de aumentar a integridade do banco de dados.

Treine os colaboradores 

Os colaboradores são a peça-chave para a execução de projetos em uma empresa. Com a análise de dados não é diferente. Por isso, pense sempre em adotar treinamentos de rotina a fim de capacitar seus trabalhadores e gerar mais efetividade com o uso das informações de pacientes

Desse modo, opções práticas dentro da própria clínica, ensinando o passo a passo do que executar são muito válidas. Todavia, há também a possibilidade da realização de treinamentos online feitos por empresas especializadas na segurança de dados.

Contrate uma auditoria 

Como dissemos, investir em uma auditoria por empresas especializadas é uma forma muito interessante de se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados. Profissionais capacitados e bons consultores conseguem analisar com maior profundeza os pequenos gargalos e erros que podem estar sendo executados. Com isso, minimizam-se as chances de erros e possibilita que a clínica esteja totalmente em acordo com as exigências legais.

Existem diversas penalidades para quem não seguir a Lei Geral de Proteção de Dados. Desde a aplicação de multas, com valor até 2% do seu faturamento bruto. Por isso, essa penalidade limita-se ao valor máximo de 50 milhões de reais. Ainda há possibilidade de notificações e aberturas de processo jurídicos pelas pessoas afetadas com o uso indevido dos seus dados.

Então, agora que você sabe como é importante seguir a Lei Geral de Proteção de Dados, separamos um material interessante sobre como fazer a integração de dados na sua clínica. Não perca tempo!

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!
O que é a síndrome do jaleco branco e como evitá-la nas clínicas?

O que é a síndrome do jaleco branco e como evitá-la nas clínicas?

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Para algumas pessoas, o momento da consulta com o médico é de muita angústia, preocupação e aflição. Além do impacto óbvio no psicológico delas, isso também pode afetar o bom funcionamento da sua clínica. Você já ouviu falar na síndrome do jaleco branco?

Trata-se de um problema que pode acometer os seus pacientes e prejudicar o andamento da consulta deles, o que tem um impacto direto na saúde.  Inegavelmente, ter muitas barreiras no caminho até o tratamento que necessita pode ser altamente prejudicial ao paciente, independentemente do seu quadro médico.

Então, ao se preocupar com problemas como a síndrome do jaleco branco, você poderá tornar o ambiente da sua clínica muito mais receptivo e eficaz para a qualidade de vida de seus pacientes. Afinal, o papel dela é poder atender a todos da melhor forma possível, não é?

No artigo a seguir, você entenderá o que é a síndrome do jaleco branco, por que é importante se preocupar com ela e como minimizar seus efeitos em sua clínica. Boa leitura!

O que é a síndrome do jaleco branco?

A síndrome do jaleco branco é um transtorno psicológico que causa reações negativas no paciente ao ter contato com o ambiente hospitalar. É algo que se manifesta, por exemplo, durante uma consulta médica ou a realização de um exame.

Entre os principais sintomas estão o aumento da pressão arterial, tremores, tensão muscular, suor frio e sensação de enjoo. O diagnóstico costuma ser possível a partir da ocorrência de pressão arterial superior a 140/90mmHg em três consultas médicas consecutivas.

Como diversos outros transtornos psicológicos, a síndrome do jaleco branco pode ter como origem algum episódio traumático na vida do paciente, como um erro médico. O problema também pode se desenvolver a partir de uma má disposição a elementos característicos do ambiente hospitalar, como aversão a agulhas.

MARKETING - BANNER BLOG

Por que a síndrome do jaleco branco pode ser prejudicial para a clínica?

Para que a sua clínica tenha sucesso, ela precisa ser capaz de acolher seus pacientes sem quaisquer barreiras ou problemas no meio do caminho. Infelizmente, a síndrome do jaleco branco é uma dessas questões que exigem atenção, já que pode prejudicar a relação do público com a sua equipe médica.

Quem se sente tenso e inseguro em uma consulta médica dificilmente voltará. Pior ainda, essa pessoa provavelmente não buscará os seus serviços quando precisar, o que impactará negativamente na sua saúde. Não tratado, é um problema que pode prejudicar vários aspectos diferentes da vida.

A síndrome do jaleco branco também é um problema para o paciente, é claro. Trata-se de um distúrbio psicológico que exige tratamento, já que o impede de realizar uma ação em seu dia a dia. Sintomas como o aumento da pressão cardíaca e tensão muscular também podem ocasionar outros problemas.

Como ajudar seus pacientes em relação à síndrome do jaleco branco?

Tendo em vista como essa situação pode ser prejudicial para os seus pacientes e para a sua clínica, é do seu interesse saber como contribuir para que esse quadro não ocorra ou não se agrave em meio a quem visita seu consultório.

Veja a seguir de quais formas você pode ajudar os seus pacientes com síndrome do jaleco branco:

Entenda a real causa do problema

Todo distúrbio mental tem uma origem que precisa ser compreendida para que seja possível chegar à solução. Abra um canal de comunicação direta com seu paciente, na intenção de compreender os motivos pelos quais ele pode não se sentir bem em um ambiente médico ou interagindo com um profissional de saúde.

Desenvolva uma relação de confiança

Você pode diminuir o desconforto sentido pelo seu paciente com síndrome do jaleco branco ao criar uma relação de confiança junto a ele. Portanto, invista em um atendimento humanizado, trate as pessoas pelo nome e personalize a experiência baseando-se nas particularidades dele e ajudando-o a racionalizar o próprio medo.

Indique terapias

Por se tratar de um distúrbio mental, a síndrome do jaleco branco exige atenção de um psicólogo ou psiquiatra. Isso permitirá que o paciente possa tratar o problema em sua raiz para que deixe de prejudicar a sua capacidade de ir ao médico. Dessa forma, você pode recomendar um profissional de confiança ou ajudar essa pessoa a encontrar a melhor alternativa sozinho.

Personalize o ambiente

Parte do gatilho de uma síndrome do jaleco branco provém do ambiente médico. Isso é algo que você pode mitigar ao planejar o espaço da sua clínica. Geralmente, o que causa desconforto nessas pessoas são locais frios, brancos demais e que lembram hospitais. Assim, experimente personalizar o ambiente da sua clínica ao deixá-la menos impessoal e aconchegante.

Apresente técnicas de relaxamento

Para que os seus pacientes não sofram de síndrome do jaleco branco, você pode propor técnicas de relaxamento para o momento da consulta médica. Nesse caso, é importante ser capaz de detectar o problema com antecedência se preparar para ele, o que é uma característica fundamental de um atendimento personalizado. Então, você pode usar recursos como técnicas de respiração, meditação, alongamentos, entre outras.

Proponha atendimentos mais espontâneos

Muitos dos gatilhos da síndrome do jaleco branco podem vir daqueles elementos mais tradicionais da consulta médica e do ambiente hospitalar. Até o próprio nome dela faz alusão à vestimenta tradicionalmente usada pelos profissionais de saúde. Portanto, você pode contribuir para minimizar esses efeitos ao transformar o seu ambiente em um lugar com menos ideia de hospital e mais de aconchego.

Contar com um ambiente convidativo é fundamental, ainda mais sendo capaz de receber bem o paciente que normalmente teria uma reação bastante negativa ao lugar. Com as informações deste artigo, você já tem tudo o que precisa para se preparar contra esse problema no ambiente da sua clínica. 

Ajude mais profissionais da sua rede de contato a conhecerem esse problema e as soluções dele. Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!
Descubra como fazer um bom histórico do paciente

Descubra como fazer um bom histórico do paciente

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Toda clínica de saúde precisa ter o histórico do paciente para ter sucesso. Contudo, para isso, é importante que você saiba o que é histórico e para que serve. Ele nada mais é que um conjunto de documentos, contendo todas as informações sobre o paciente. Incluindo informações pessoais, relatos sobre a saúde, procedimentos já realizados, uso de medicamentos, exames realizados, doenças, tratamentos feitos e demais dados que sejam relevantes para os profissionais.

Cada dado informado é guardado junto ao prontuário, devendo ser preservado por, pelo menos, 20 anos para que seja acessado sempre que for necessário. O objetivo é fazer com que, a cada consulta, o profissional tenha acesso às informações antes de prestar o serviço.

Para que serve o histórico do paciente?

O histórico do paciente é usado para acompanhar todos os detalhes sobre as condições de saúde dele, visando o melhor atendimento possível para que a pessoa possa confiar no profissional de saúde. Com isso, é possível agilizar o processo, respeitando as necessidades da pessoa e gerando mais satisfação no paciente.

Além disso, você consegue reduzir o tempo do serviço, já que todas as informações ficam à disposição do médico, sem que haja necessidade de realizar todas as perguntas novamente. Assim, é possível ter um processo mais rápido e eficaz, além de direcionar seus esforços para um atendimento humanizado.

Com os dados em mãos, você consegue:

  • averiguar histórico de doença familiar;
  • comportamentos de riscos, como uso de tabaco e álcool;
  • tratamentos já realizados pela clínica ou outros profissionais;
  • andamento dos métodos escolhidos, avaliando melhora ou não do quadro;
  • observação dos fatores ambientes ou ocupacionais que podem ter influenciado a situação do paciente.

O histórico ajuda a melhorar as consultas, especialmente em casos de doenças mais severas. Por isso, é importante mantê-lo sempre atualizado. Entretanto, não é só o profissional que se beneficia com essas informações, o paciente também fica mais preparado, pois tem acesso aos dados referentes à sua saúde. Assim, o médico consegue se dedicar às queixas relatadas pelo paciente.

Dessa forma, qualquer profissional da saúde deve ter um histórico de seus pacientes com finalidade de criar uma relação mais promissora com as pessoas e, assim, ter uma gestão de atendimento personalizado, de acordo com a situação de cada um. Além disso, com uma prestação de serviço mais qualificada, é possível conquistar e fidelizar os pacientes.

Como montar um histórico eficiente?

Para você ter um histórico de pacientes completo e utilizá-lo a seu favor, é preciso seguir algumas etapas importantes. O primeiro passo é colocar as informações básicas do paciente, para ter uma identificação específica no documento médico. Assim, você deve colocar na ficha:

  • nome;
  • idade;
  • sexo;
  • profissão;
  • endereço;
  • telefone de contato;
  • outras informações de contato, como e-mail, WhatsApp, telefone de familiares etc.

Além disso, é importante fornecer dados sobre a descrição das condições físicas, tais como:

  • altura;
  • peso;
  • uso de remédios;
  • consumo de substâncias tóxicas, como cigarro, bebida alcoólica e droga ilícitas;
  • tipo sanguíneo;
  • prática de atividades físicas.

Essas informações serão usadas para fornecer um resumo sobre as consultas. O importante é manter essa ficha sempre atualizada para que não haja problemas futuros com os tratamentos sugeridos.

Outro fator importante é colocar a história médica pregressa, contendo as condições de saúde e doenças que ocorreram ou que ainda acontecem com o paciente. Entretanto, é fundamental que o histórico só tenha informações de patologias e procedimentos importantes, evitando dados irrelevantes.

Sendo assim, você deve registrar:

  • consultas já realizadas;
  • doenças que podem ser consideradas crônicas;
  • sintomas apresentados pelo paciente;
  • diagnósticos já feito pela clínica e/ou outros profissionais;
  • suspeita clínica;
  • cirurgias feitas;
  • internações;
  • tratamentos realizados.

Se for necessário, não se esqueça de incluir dados do sistema de monitoramento residencial, como é o caso do MAPA e do Holter. Eles ajudam na detecção de alterações na pressão arterial de pessoas com fatores de risco. Também, é interessante armazenar os dados históricos, relatando os males e fatores de riscos de parentes. Assim, ao montar a ficha do seu paciente, pergunte sobre possíveis enfermidades na família, principalmente dos pais.

O histórico medicamentoso também é importante, pois mostra quais remédios foram usados antes de fazer novas receitas. Isso é fundamental, pois alguns ativos interagem de formas diferentes, ocasionando possíveis reações no organismo. Assim, coloque todos os nomes de medicamentos e possíveis efeitos colaterais. Não se esqueça de acrescentar prescrições médicas e todos os detalhes relevantes sobre os produtos farmacêuticos.

Ainda, você pode colocar na ficha a percepção do paciente sobre procedimentos médicos e sobre a utilização de remédios que não precisam de prescrição. Os exames são fatores que também devem estar contidos no histórico.

Os testes complementares, sejam laboratoriais ou radiológicos, ajudam a identificar o problema e, por isso, é essencial estarem à disposição do profissional sempre que ele tiver que consultar os exames já feitos, como: radiografia, ultrassom, ressonância e exames sanguíneos. Outras informações que devem fazer parte do histórico são os motivos que levaram o paciente a procurar ajuda médica e sinais que surgiram no corpo.

Como agilizar o processo de criação do histórico médico?

Como o histórico deve ter todas as informações importantes relacionadas ao paciente, é preciso contar com um sistema eletrônico de qualidade que ajude a manter tudo em um único local, protegendo os dados obtidos e facilitando o acesso sempre que for necessário.

Assim, contar com um software de gestão pode trazer vantagens para sua clínica, permitindo que você reduza o tempo de espera do paciente, melhore a qualidade do atendimento, aumente a segurança das informações e ainda consiga gerenciar seu negócio sem prejuízos.

O histórico do paciente é fundamental para você conhecer o estado de saúde dele, acompanhar os procedimentos realizados e escolher os melhores métodos conforme as necessidades dele. Por isso, invista em um sistema que possa ajudar você a prestar um serviço com mais eficiência.

Gostou das nossas dicas? Que tal receber outros conteúdos como este? Então, nos siga nas redes sociais — Facebook e Instagram — e acompanhe os melhores posts da atualidade!

Blog-Whats-FINAL-sidebar

Conheça nossos produtos

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração. INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911 (19) 9 8450-0441 Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h
Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos. Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala. Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos! Estamos te esperando!

Atendimento e comunicação com o paciente

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

PREENCHA AS INFORMAÇÕES ABAIXO

Os dados são necessários para você receber as informações de acesso à plataforma.

Os Dados para acesso foram enviados para seu E-mail

Tudo que você precisa saber sobre a ISO 9001

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Tudo o que você precisa saber para otimizar as rotinas administrativas em uma clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Como fidelizar pacientes em clínicas e consultórios odontológicos

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Software de gestão para consultórios

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Guia de gestão financeira da sua clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Guia completo para organizar o consultório odontológico

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Vantagens das mensagens de SMS para uma clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Normas e documentações que precisam estar em dia na sua clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

O que sua clínica precisa entender sobre convênio médico

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Guia para transformar seu consultório em clínica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Presença digital para clínicas e consultórios

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Guia para você profissionalizar a sua clínica odontológica

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Orçamento para clínicas e clínicas e consultórios

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Gestão da Qualidade em Clínicas Odontológicas: O guia completo

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

Passo a passo para implementação de marketing de conteúdo para clínicas

Preencha os campos para Garantir o seu e-Book Grátis

Seu e-Book te aguarda lá no seu e-mail, acesse o link para download

 

Preencha com seu nome completo
Preencha se desejar que um consultor comercial entre em contato

You have Successfully Subscribed!