fbpx

Entenda a importância da segurança de dados em uma clinica

A segurança de dados é uma das prioridades em sua clínica? Se as informações dos seus pacientes não são devidamente protegidas, muitos problemas podem acabar se tornando parte da sua rotina.

Conforme mais aspectos de uma organização são digitalizados, mais se deve concentrar esforços em garantir a proteção desses dados. Quaisquer vazamentos ou invasões podem representar transtornos gigantescos para o negócio e para as vítimas.

No caso de uma clínica médica, é comum lidar com informações confidenciais sobre a saúde de pacientes. Eles têm direito à privacidade com esses dados, mas ela pode ser facilmente comprometida se a estrutura de segurança for fraca e carecer de manutenção.

Há cada vez mais ameaças aos dados das pessoas no ambiente digital, como hackers e invasores que sequestram informações. Também é negativa a possibilidade de perder suas informações para falhas mecânicas, o que prejudicaria as atividades da sua clínica.

Quer saber mais? Neste artigo, você entenderá melhor a importância da segurança de dados

O que é segurança de dados?

Falar em segurança de dados significa detalhar métodos e tecnologias que possibilitem evitar que informações sejam roubadas, vazadas e perdidas. É algo que envolve iniciativas voltadas para prevenir-se contra essas possibilidades e ter planos de ação para ativar caso ocorram.

A segurança de dados exige que sejam seguidos protocolos específicos, além de contar com uma estrutura tecnológica que automatize processos e proteja informações. Existem soluções, como softwares de gestão, que são capazes de oferecer uma camada de segurança de dados aplicável a diversas áreas.

Uma empresa que não se preocupa com segurança de dados está sujeita a passar por situações bastante desagradáveis caso eles sejam comprometidos. Um vazamento de informações confidenciais de uma clínica pode, além de danificar a imagem daquele negócio, gerar penalidades judiciais.

Para evitar isso, é fundamental colocar a segurança de dados em pauta ao planejar as áreas de atuação da sua clínica. Afinal, não é algo que exige muito tempo nem recursos, podendo ser automatizado com a ajuda da tecnologia.

Quais são as consequências de falhar na segurança de dados na clínica?

Clínicas médicas costumam acumular um volume considerável de dados. Por exemplo, o Conselho Federal de Medicina determina que prontuários sejam armazenados até 20 anos, o que pode representar uma grande quantidade de informações.

Por trabalhar com informações confidenciais e sensíveis, como é o caso de históricos médicos associados a informações pessoais, as clínicas precisam colocar a segurança de dados entre as suas prioridades. Conforme a tecnologia evolui, também se aprimoram as técnicas usadas por hackers e invasores para roubar esses dados e torná-los reféns.

Uma clínica que tem os dados de seus pacientes vazados fica sujeita a ações judiciais que podem comprometer as atividades do negócio. Isso também tem um impacto praticamente irreparável na imagem dela, diminuindo as chances de que novos pacientes confiem nela para futuras consultas e procedimentos.

Vale lembrar que a legislação brasileira prevê penalidades para clínicas que passam por vazamentos de dados de pacientes. Isso também se aplica a prontuários digitais, o que exige o uso de tecnologias que preservem sua integridade e autenticidade.

Como garantir a segurança de dados na clínica?

Priorizar a segurança de dados em sua clínica é algo que exige adotar algumas ações em seu dia a dia. Isso envolve contar com as tecnologias certas e o apoio dos profissionais da sua equipe para que não existam brechas nessa abordagem. Está na hora de elaborar um plano que inclua as iniciativas adequadas para se prevenir contra essas ocorrências.

Conheça abaixo quais são os passos fundamentais para garantir a segurança de dados em sua clínica.

Estabeleça protocolos

A sua clínica precisa ter protocolos bem definidos sobre como lidar com seus dados. Não ter regras nesse sentido pode aumentar consideravelmente as chances de problemas como vazamentos e até perdas dessas informações.

Isso envolve, por exemplo, definir quais profissionais têm acesso a quais tipos de dados. Outra possibilidade é contar com registros bem documentados para cada acesso, o que permite identificar quem usou qual informação e quando.

Ofereça treinamentos

Uma parte considerável da segurança de dados em qualquer tipo de empresa depende bastante da capacitação da sua equipe. Isso exige a realização de treinamentos focados em boas práticas para lidar com dados e armazená-los de maneira segura.

Isso precisa ser realizado de maneira periódica, além de incluir possíveis novos integrantes do time. Lembre-se também de documentar esse treinamento para que ele possa ser consultado depois caso surjam dúvidas.

Implemente uma cultura de sigilo

Independentemente da área de atuação da sua clínica, preservar o sigilo dos pacientes é fundamental. Isso precisa estar bem claro para todos os profissionais que trabalham nela.

Para isso, é necessário implementar uma cultura de sigilo. Isso envolve difundir o conceito da preservação da privacidade dos pacientes e proteger os dados deles. Outra parte muito importante desse trabalho é fazer com que cada integrante da equipe entenda o valor desse sigilo e o papel individual que têm a desempenhar em função dele.

Faça backups

A garantia da integridade dos dados da sua clínica também envolve poder recuperá-los caso eles sejam perdidos em falhas mecânicas. Se um servidor tem suas informações apagadas, você precisa contar com cópias de segurança para resgatá-las.

É por isso que você deve realizar backups com boa periodicidade. Eles devem ser armazenados em outro local, como na nuvem, de preferência com todas as medidas de segurança bem seguidas.

Use um sistema de gestão de qualidade

A tecnologia pode ser uma grande aliada da segurança de dados da sua clínica. Basta contar com um sistema de gestão que tenha a proteção dos seus dados entre as suas funcionalidades.

Esse tipo de solução serve para otimizar vários aspectos do dia a dia de uma clínica, desde o aspecto financeiro até a gestão do histórico de pacientes. Fique de olho nos recursos disponíveis e como essa solução pode ajudar você a aprimorar sua segurança de dados.

Ter uma cultura voltada à segurança de dados é essencial para atuar em qualquer mercado na atualidade. Proteger as informações dos seus pacientes é um dos seus deveres, podendo representar uma quebra significativa de confiança caso ocorram problemas de vazamentos ou perdas. Tome as decisões certas a favor da integridade desses dados usando os recursos mais adequados.

Para aproveitar a melhor solução em software de gestão para clínicas com foco em segurança de dados, você precisa conhecer o projeto ControleMédico. Acesse o site e entre em contato!

Software para Clínicas