Escolha uma Página

Se inscreva na nossa NEWSLETTER

Deseja Aprender sobre Gestão Clínica?

Metodologia 5S: aprenda como implementar na sua clínica

mar 12, 2019 | Atendimento

Você já ouviu falar sobre a metodologia 5S? Controlar todos os processos da empresa com o intuito de entregar um produto ou serviço de acordo as expectativas do cliente é um dos aspectos mais importantes para manter a qualidade e a reputação do negócio.

Para isso, diversas estratégias são utilizadas como base para alcançar tal objetivo e esse é o caso desse método. Criado no Japão, é baseado em cinco princípios: Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke.

Ficou curioso para conhecer o que é essa metodologia e as formas de implementá-la na sua clínica? Acompanhe nosso artigo e saiba como ela é utilizada atualmente pelas empresas.

Sobre a Metodologia 5S

Embora tenha sido criada para ser aplicada nas indústrias japonesas nos anos 60, é uma ferramenta de gestão bastante utilizada hoje em dia por empresas de qualquer porte ou segmento.

A metodologia assegurava a qualidade dos processos nas fábricas e a competitividade dos produtos japoneses, que buscavam espaço no mercado internacional. Ao se consolidar no ambiente empresarial, seu principal objetivo se tornou promover disciplina e segurança dos processos. Com isso, foi possível garantir mais qualidade e produtividade.

Nas clínicas, a ferramenta melhora, sobretudo, as relações de trabalho com a redução do nível de estresse dos funcionários, bem como o aumento da eficiência e da produtividade — o que elimina desperdícios e reduz custos.

Vale ressaltar que essa metodologia torna os processos mais organizados e sistematizados, facilita as operações, reduz perdas de material e otimiza o tempo empregado nas tarefas. Com isso, a clínica garante maior produtividade e qualidade, além de maior segurança no local de trabalho.

Definição de cada S

O método é baseado na aplicação de cinco princípios que são representados por letras japonesas. Confira, a seguir, o que cada uma dessas letras releva!

SEIRI — Senso de utilização

A primeira letra é o Seiri, que significa utilizar os recursos com equilíbrio e bom senso. É o momento de realizar um levantamento de todos os materiais e equipamentos da clínica, além de separar e descartar o que já não serve mais e pode, eventualmente, ocupar espaço.

Isso também é válido para documentos, sejam eles eletrônico ou impressos. Tudo isso na intenção de responder ao seguinte questionamento: manter isso é mesmo necessário?

SEITON — Senso de organização

O Seiton se refere à organização e à importância de ter todas as coisas disponíveis de modo que possam ser acessadas e utilizadas imediatamente. Portanto, essa é a hora de colocar tudo em seu devido lugar. Nesse sentido, classificar detalhadamente os objetos, estabelecer padrões e utilizar algumas ferramentas são estratégias úteis que fazem diferença. Afinal, a organização é fundamental para o sucesso de qualquer negócio.

SEISO — Senso de limpeza

Neste princípio a importância de eliminar a sujeira, resíduos ou mesmo objetos estranhos e desnecessários ao ambiente é definida. Aqui se cria a ideia de que todos são responsáveis pela limpeza do ambiente em vez de apenas os encarregados pela faxina. Dessa forma, é de responsabilidade de cada colaborador manter seus materiais em sua estação de trabalho limpos e organizados, além de zelar também pela boa utilização e manutenção dos espaços comuns.

SEIKETSU — Senso de normalização e higiene

Diz respeito à padronização, à importância de tornar o cotidiano sistematizado com base nos novos valores e padrões impostos pelos outros princípios. É o momento de estabelecer rotinas e normas aos colaboradores em relação a limpeza, organização e utilização do ambiente.

SHITSUKE — Senso de disciplina ou autodisciplina

O último princípio se trata da ideia de disciplina, do cumprimento e comprometimento pessoal com os princípios anteriores. Ou seja, de tornar a metodologia um hábito. Nesse caso, é necessário investir em treinamentos contínuos e estimular os novos valores para que eles façam parte da cultura da empresa. É importante, ainda, criar avaliações periódicas para que seja possível acompanhar constantemente se os 5S continuam a ser aplicados e quais pontos devem ser aplicados.

Dicas de como implementar a metodologia na sua clínica

De modo geral, a metodologia 5S é, por si só, autoexplicativa — visto que cada princípio dá o entendimento necessário para elaborar um roteiro de ações que contribuam para a mudança de hábitos na sua empresa. A seguir, você confere algumas dicas que ajudarão a implantar a metodologia na sua clínica.

Comunique toda a equipe do consultório

Como gestor da clínica, você deve acreditar no potencial da metodologia e transmitir isso à equipe. Comunique os colaboradores, monte uma apresentação e tenha bons argumentos para convencê-los de que adotar a metodologia é a escolha ideal.

Faça com que todos colaborem

Para que a implantação da metodologia funcione de forma efetiva, toda a equipe precisa estar envolvida no processo. As mudanças podem até ser sugeridas por um líder, mas só serão eficientes se todos colaborarem.

Colha informações relevantes

Durante a implementação, é preciso recolher informações relevantes sobre o processo de trabalho dentro da clínica. Buscar relatórios de funcionários e tirar fotos dos setores são exemplos de dados que devem ser reunidos para fazer um diagnóstico da empresa. Assim, será possível planejar como a metodologia poderá ajudar.

Para isso, liste os principais problemas da empresa com base nos princípios da metodologia 5S e selecione alguns funcionários para realizar essa etapa.

Providencie palestras

As palestras são meios eficazes de apresentar a metodologia aos funcionários e descrever as vantagens que ela trará ao dia a dia da equipe, além da clínica como um todo. Em seguida, realize o treinamento dos colaboradores de acordo com suas funções. Porém, tenha cuidado para não sobrecarregar as atividades e não atrapalhar o funcionamento da clínica.

Faça um cronograma de ações

De nada adianta fazer um planejamento de toda a implantação da metodologia e não criar um cronograma de ações. Escolha datas e períodos de duração de cada fase para que os envolvidos adotem o método como rotina e organizem todos os processos em determinado tempo.

Avalie pontos críticos mais urgentes e corrija-os quando necessário

Na fase de manutenção, faça uma análise crítica do seu negócio e descubra quais pontos precisam de mais atenção. Não se esqueça de adequar a metodologia sempre que for necessário e continuar motivando a equipe a fim de garantir o sucesso da implantação.

Como você pode perceber, se a sua clínica busca qualidade nos processos e produtividade nos serviços, sem dúvida a metodologia 5S é ideal para alcançar esse objetivo. Com ela, é possível aperfeiçoar o ambiente de trabalho, além de manter a empresa organizada e funcional.

E aí, gostou do assunto deste post? Se você acha que seus amigos e colegas também podem gostar, compartilhe-o agora mesmo em suas redes sociais!

Sidebar Blog estendido

Conheça nossos produtos

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vem aprender mais sobre sua gestão!

Receba toda semana no seu e-mail, conteúdos exclusivos sobre como melhorar a gestão da sua clínica, dicas de diversos segmentos, atendimento aos clientes e pacientes, financeiro, estoque, entre outros assuntos que vão auxiliar você na sua administração.

INSCREVA-SE
Contatos
0800 777 2911

(19) 9 8450-0441

Horário de Atendimento: 8:00h as 18:00h

Quem Somos
Somos uma empresa consolidada, que está há mais de 10 anos no mercado dando à você a melhor experiência em Gestão Clínica, com softwares simples, ágeis e poderosos.
Nosso objetivo é fazer sua empresa está organizada, pronta para crescer em larga escala.
Venha fazer parte desse grupo de mais de 700 clientes satisfeitos!
Estamos te esperando!