fbpx

Entenda a importância da análise de concorrência na odontologia

Você sabia que uma Análise de concorrência é um dos fatores-chaves para um negócio de sucesso?  Ela pode demonstrar o ritmo do mercado e as ações que são positivas para o seu setor de atuação.

Uma análise de concorrência permite ter em mãos detalhes que podem ser primordiais para o bom funcionamento de uma clínica odontológica. Para uma estratégia ideal, porém, é importante conhecer o próprio negócio, para andar na direção certa e conquistar os objetivos traçados.

Pensando nisso, apresentamos, a seguir, algumas dicas importantes de como fazer uma avaliação eficaz, que permita conhecer mais seu nicho de mercado e o público. Acompanhe!

O que é análise de concorrência e qual a sua importância?

Analisar a concorrência leva a uma visão mais específica de como o mercado age. Para tanto, é necessário levantar dados por meio de pesquisas com os concorrentes: isso ajuda a observar as ações adotadas por eles e a comparar os resultados.

Se for desenvolvida da maneira certa, essa estratégia pode trazer muitas vantagens. Com ela, é possível ter em mãos informações relevantes, que ajudam a identificar os motivos que levam os pacientes a procurarem por outras clínicas odontológicas.

Além disso, com tais dados, fica mais fácil criar diferenciais e ganhar vantagens competitivas. Trata-se de uma forma de enxergar novas oportunidades e conquistar um lugar no mercado.

Essa avaliação deve ser um processo contínuo, especialmente quando há novos métodos ou tecnologias para os serviços do setor. A estratégia envolve aspectos significativos de identificação dos pontos fortes e fracos de outros consultórios (da localização ao preço cobrado pelos tratamentos).

Para que o processo seja conduzido adequadamente, é fundamental seguir alguns passos. Veja quais são eles a seguir!

Identificar os concorrentes

A primeira coisa que se deve fazer é definir quem são os concorrentes diretos e indiretos. Em muitos casos, há alternativas que podem se tornar mais interessantes aos olhos dos pacientes e substituir produtos ou serviços já oferecidos pela clínica.

A concorrência direta são os consultórios que têm serviços semelhantes. Pode ser que eles atraiam mais pacientes pela forma de atendimento, pela qualidade dos produtos, pelos equipamentos inovadores ou pelos preços mais acessíveis.

Já os concorrentes indiretos são os que têm produtos parecidos, mas não oferecem necessariamente os mesmos serviços. Isso inclui, por exemplo, empresas especializadas na venda de itens para clareamento dental.

Levantar informações relevantes

Depois de descobrir quem são os concorrentes, é preciso levantar dados sobre eles. Devem ser obtidas informações verdadeiramente interessantes e que supram as necessidades do negócio. Além disso, é fundamental mapear seus pontos fortes e fracos. Assim, fica mais fácil saber o que melhorar em sua clínica e como garantir mais vantagens.

Algumas ferramentas podem ser interessantes para capturar essas informações e ajudá-lo a manter o foco em seu propósito. Uma ótima forma de obter tais dados é por meio da avaliação do marketing do concorrente.

Se ele tiver sites, redes sociais ou outros canais digitais, é possível colher informações com mais facilidade e rapidez. Deve-se, ainda, observar a presença on-line dos consultórios nas mídias sociais e as estratégias adotadas para conseguir pacientes e alcançar o público-alvo.

Analisar os dados obtidos

Depois de fazer a pesquisa, vai ser possível perceber algumas tendências. Para que as estratégias sejam executadas com a máxima eficiência, entretanto, é essencial cruzar os dados coletados. A partir deles, você pode verificar as forças que os concorrentes têm sobre seu negócio e o mercado.

Além disso, é preciso avaliar as fraquezas do estabelecimento e saber como se sobressair perante os pacientes. Essas informações permitem entender quais são as oportunidades de crescimento e as verdadeiras ameaças à sua clínica odontológica.

Para medir esses índices, uma ferramenta muito interessante é a matriz de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças (Strengths, Weaknesses, Opportunities and Threats — SWOT). Ela permite colocar todos esses pontos em uma matriz, de forma a facilitar a visualização das informações.

Como analisar os concorrentes?

Pesquise o mercado

Além de pesquisar os concorrentes, é importante investigar o mercado. Ouça o que o público diz sobre outros consultórios, descubra o que ele procura e entenda como oferecer algo que o forneça satisfação e bem-estar. Essas e outras respostas podem ajudá-lo a aperfeiçoar a análise de concorrência.

Avalie o que a imprensa fala sobre as clínicas

Grandes clínicas geralmente são notícia nos meios de comunicação da região, especialmente quando utilizam novos equipamentos ou técnicas inovadoras. Por isso, acompanhe o noticiário e veja quais são as novidades do setor. Dessa forma, pode-se verificar como melhorar o marketing e os serviços da clínica.

Verifique a publicidade

Quais são as táticas de marketing usadas pelos concorrentes? Onde eles costumam anunciar seus serviços, seus produtos e suas promoções? Quais são os formatos contratados?

Descobrir essas respostas pode contribuir para o entendimento do que há de novo no ramo da publicidade e dos meios que permitem um acesso mais amplo aos pacientes. A partir dessas informações, é possível construir planos mais eficientes e elaborados dentro do negócio.

Conheça a si mesmo

Você já leu A arte da guerra? O livro apresenta estratégias criadas por Sun Tzu, um general que venceu muitas batalhas com seus planos. Nas técnicas ensinadas por ele, fica claro o quão importante é conhecer a si mesmo para vencer a guerra.

Esse ensinamento pode ser levado para o mundo dos negócios: de nada adianta conhecer a concorrência se não souber quais são seus próprios pontos fortes e fracos. Antes de investigar as demais clínicas, portanto, é essencial saber quem seu estabelecimento realmente é.

Entenda as ferramentas de análise

Para agilizar o processo, é importante contar com softwares e ferramentas que ofereçam relatórios de fácil entendimento e possam ser verificados sempre que for preciso. Há muitos aplicativos no mercado, mas é necessário adotar um que atenda a todas as necessidades da clínica.

A análise de concorrência é primordial para qualquer consultório que queira obter sucesso, atrair pacientes e manter-se competitivo. Sem ela, é impossível descobrir as exigências do consumidor moderno.

Software para Clínicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *