fbpx

8 dicas para crescer o faturamento da sua clínica médica.

Um dos principais processos envolvidos no controle do fluxo de caixa é o faturamento da sua clínica médica e, por esse motivo, deve ser considerado essencial para a manutenção do equilíbrio entre uma assistência de qualidade e o retorno financeiro.

Para reduzir eventuais prejuízos e atrasos nos recebimentos, é importante acompanhar continuamente o faturamento da clínica. Uma vez que os custos de manutenção são altos e os repasses são necessários para assegurar um bom atendimento ao público e, também, o lucro. Nesse caso, diante do atual cenário de crise econômica e do mercado cada vez mais competitivo, buscar novas estratégias para aumentar o faturamento da clínica tornou-se imprescindível para garantir a sobrevivência do negócio.

Pensando nisso, neste artigo, listaremos algumas dicas para aumentar o faturamento da sua clínica médica, destacando a importância de manter um acompanhamento contínuo.

Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

1. Faça a gestão financeira

O primeiro aspecto que deve ser considerado quando o assunto é aumentar o faturamento é a sua gestão financeira. O gestor responsável pela clínica médica deve fazer um diagnóstico sobre todas as finanças do negócio, assim como as despesas fixas e variáveis, demonstrando qual é o seu faturamento real.

Também, faça uma análise dos últimos investimentos da clínica, para compreender se o percentual de retorno alcançado atingiu sua expectativa. Isso pode ajudar a reduzir custos desnecessários e otimizar os recursos.

Outra questão muito importante é a elaboração de um planejamento financeiro, que permite definir objetivos e metas reais, fazer previsão de rendimentos e estabelecer a estratégia ideal para gerar resultados positivos e, consequentemente, aumentar o faturamento da clínica.

2. Automatize os processos

Além de organizar a rotina das clínicas, a automatização dos processos contribui com a qualidade do serviço prestado e a redução dos custos. Diversas empresas especializadas no setor de saúde oferecem soluções personalizadas, conforme as expectativas e as necessidades de cada um de seus pacientes.

Os sistemas administram informações da clínica, inclusive financeiras, que possibilitam um atendimento eficaz aos pacientes, bem como o sucesso na gestão dos processos. Uma alternativa eficaz é adotar softwares médicos — ferramentas que proporcionam diversos benefícios às clínicas e ajudam a ampliar o rendimento do negócio.

É importante ressaltar que um dos fatores que geram perdas financeiras dos consultórios é o não comparecimento do paciente na data marcada. Por isso, uma ótima medida para evitar dores de cabeça é adotar a agenda online, que possibilita o envio de lembretes e a confirmação do paciente.

3. Atraia novos pacientes

Apesar de parecer uma ação básica, nem todos sabem como atrair os seus pacientes de uma maneira realmente eficaz. Por isso, é preciso desenvolver estratégias de atração e retenção de pacientes e aprimorar a presença online e offline da clínica.

Direcione seus investimentos em ações que permitam um bom posicionamento no mercado, destacando seus diferenciais. Mostre seu profissionalismo, experiência na área, conhecimento e habilidades. Não se esqueça de que construir uma reputação é uma grande aposta para você inspirar a confiança de seus pacientes.

Além disso, esteja presente nas redes sociais e em plataformas online para ser visto com maior facilidade. Faça o que for possível para garantir a satisfação do paciente e aumentar a sua fidelidade.

4. Fidelize os pacientes

Em todos os ramos de negócio, é muito mais fácil fidelizar que captar novos clientes, pois, além de reduzir custos com marketing, essa medida pode tornar a relação com os pacientes mais dinâmica e mantê-los engajados com o estabelecimento. De modo geral, podemos dizer que a fidelização é fazer com que seu produto ou serviço se torne tão especial que o cliente não consegue se imaginar consumindo em outra empresa. Sem dúvidas, esse é um dos melhores mecanismos que existem.

Não se esqueça de que pacientes fiéis e satisfeitos estão mais propensos a indicar o seu trabalho. Isso quer dizer que você terá um aumento consistente na sua carteira de pacientes. É o que chamamos de publicidade boca a boca — uma das mais eficazes que existem.

5. Use métricas

O uso de métricas é um importante aliado na capacidade de crescimento e melhoria de uma organização, por possibilitar a análise de diferentes estratégias e resultados. No contexto das clínicas médicas, ao avaliar os resultados por meio desse mecanismo, é possível potencializar os resultados do negócio, a partir da avaliação da produtividade da equipe e dos atendimentos, por exemplo.

6. Evite glosas

Consideradas práticas cada vez mais comuns, as glosas são ajustes na cobrança por um serviço prestado, que, na maioria das vezes, os convênios usam para suspender pagamentos. Isso, consequentemente, pode gerar rombos no orçamento e provocar prejuízos aos profissionais credenciados.

No entanto, essa adversidade pode ser evitada, pois grande parte dessas glosas é resultado da desorganização. Nesse caso, o ideal é treinar e orientar sua equipe de trabalho, com o intuito de garantir maior produtividade e eficiência nos processos associados ao faturamento.

7. Invista em marketing digital

A melhor forma de ampliar o número de pacientes no seu consultório, e consequentemente o faturamento, é divulgando seu serviço. Manter uma estratégia de marketing digital, alinhada aos objetivos e organizada para alcançar seu público-alvo fará toda a diferença na hora de se tornar uma referência no mercado.

Um planejamento adequado de marketing permite divulgar, de forma eficiente, as competências e os serviços de sua clínica. Lembre-se de que o setor da saúde tem normas diferentes e deve predominar os princípios éticos de orientação educativa. As redes sociais, por exemplo, são ótimos canais para estreitar o relacionamento com os pacientes e, também, atrair novos interessados em suas especialidades.

8. Ofereça diferentes formas de pagamento

Chegar em uma clínica médica que não oferece muitas opções de pagamento pode ser um grande problema para muitos pacientes. Afinal, as pessoas desejam contar com mais possibilidades, para optar por aquela que se adéqua melhor à sua realidade. Portanto, é importante estar ciente das suas finanças e do fluxo de caixa, para estabelecer quais as melhores opções a oferecer ao público, de uma forma que não comprometa o seu faturamento.

Não se esqueça de que, para colocar em prática todas as nossas dicas e alcançar os resultados esperados, é necessário adotar um sistema tecnológico, que, sem dúvidas, ajudará com o faturamento da clínica. É importante conhecer a fundo as ferramentas disponíveis, porém, de modo geral, o ideal é que ela seja moderna, segura e versátil, apresente diversas funcionalidades e, ainda, seja intuitiva e fácil de usar.

Gostou do nosso post? Quer ficar por dentro de mais conteúdos como este? Então, aproveite para curtir nossa página do Facebook, assim, você fica sempre de olho nas atualizações!

Software para Clínicas